Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Economia

Casas a 1 euro: cidade italiana já recebeu 40 mil emails com pedidos de informação

Vista panorâmica de Sambuca di Sicilia

Grupo de investidores árabes se diz disposto a comprar todas as casas à venda

A cidade de Sambuca di Sicilia, no sul da Itália, já recebeu mais de 40 mil emails com pedidos de informação sobre sua oferta para vender casas pelo valor simbólico de um euro (R$ 4,28).

A iniciativa, lançada em abril do ano passado, virou uma febre após ser tema de um programa da emissora “CNN” e tem como objetivo revitalizar o patrimônio urbano e arquitetônico do centro histórico, além de impedir o despovoamento da cidade.

Sambuca di Sicilia conquistou o título de vilarejo mais belo da Itália em 2016 e também foi divulgada por outros veículos de comunicação internacionais, como o jornal “The Guardian”. A central de telefonemas da Prefeitura teve seus canais congestionados e recebeu ligações principalmente dos Estados Unidos.

O programa dedicado a Sambuca di Sicilia na CNN, chamado “Italian town of Sambuca in Sicily sells homes for a dollar”, promoveu uma verdadeira caça à compra dessas residências. O prefeito da cidade, Leo Ciaccio, criou até uma força-tarefa com moradores locais para responder às milhares de perguntas.

“Queremos fornecer todas as informações necessárias e convidar essas pessoas a visitarem Sambuca para perceber a beleza do nosso vilarejo, que queremos valorizar com essa iniciativa”, declarou.

A cidade já tem experimentado uma espécie de renascimento graças à compra e reestruturação de imóveis nas vielas de seu centro histórico por parte de alguns cidadãos estrangeiros. A comunidade local é formada por suíços, alemães, franceses, ingleses e lituanos e quer expandir suas fronteiras para além da Europa.

“Eu acabei de receber uma ligação de Dubai, por parte de um grupo de investidores árabes que se diz disposto a comprar todas as casas à venda”, contou o secretário de Cultura Giuseppe Cacciopo, que coordena o projeto “Casas a 1 euro”.

Essa iniciativa foi vista pela primeira vez em 2010, na cidade de Salemi, também na Sicília, e foi sucessivamente imitada por outras cidades do sul do país. Apesar do custo simbólico das casas, existem condições específicas que devem ser respeitadas para a compra, como depositar uma caução de 5 mil euros, que será restituída após as obras de reforma e reestruturação dos imóveis, que custam no mínimo 15 mil euros.

Por Agência Ansa

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Em Sambuca, na Sicília, é cada vez mais provável passear nas ruas estreitas e ouvir o sotaque norte-americano

Comer e beber

Conheça receitas típicas de Páscoa na Itália, de norte a sul.

História

Jill Biden se tornou a primeira ítalo-americana no papel de primeira-dama dos EUA

Cotidiano

O “aventureiro” escolhido pode levar companhia e não paga aluguel por um ano

Destinos

Centuripe, uma pequena cidade escondida nas colinas da Sicília, na Itália, oferece uma vista única dos ares. Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Religioso alegou que a Igreja precisa de um tempo maior para preparar pais e padrinhos

Destinos

Vocalista dos Rolling Stones comprou casa em Portopalo di Capo Passero, na província de Siracusa, na Sicília

Cotidiano

Na sexta-feira, 15 cidades deverão estar em alerta vermelho (incluindo Roma, Florença e Palermo) devido ao calor

Cotidiano

Robô submarino tira fotos do navio e da carga de ânforas que datam do século II a.C.

Cotidiano

Oliveira de Tanca Manna ficava no município de Cuglieri, que foi severamente atingido pelas chamas

Cotidiano

Os britânicos pretendem investir na Sicília: 900 casas em 30 cidades pitorescas da ilha

Cotidiano

O vulcão ativo mais alto da Europa, o Monte Etna, na Itália, entrou em erupção pela quarta vez em seis dias. Deixa o seu...