Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Estilo de vida

Número de migrantes que chegam à Itália pelo mar caiu 96% em dois anos

Desde o mês de janeiro de 2018, apenas 23 mil migrantes chegaram à Itália pelo mar. Eles vinham sobretudo da Tunísia, da Eritreia, do Sudão e do Paquistão, passando pelos portos da Líbia e da Turquia.

Desde o mês de janeiro de 2018, apenas 23 mil migrantes chegaram à Itália pelo mar – número 96% menor do que há dois anos. Eles vinham sobretudo da Tunísia, da Eritreia, do Sudão e do Paquistão, passando pelos portos da Líbia e da Turquia.

O ministério do Interior italiano, liderado por Matteo Salvini, se orgulhou de anunciar a queda no número de pessoas que chegaram ao país, ressaltando inclusive que houve semanas sem nenhuma incidência. No mês de agosto, Salvini bloqueou, durante dez dias, migrantes resgatados pelo barco Diciotti. Desde o episódio, os desembarques de refugiados quase desapareceram.

Outros fatores impediram a chegada de novos migrantes: a ação dos guardas libaneses, que mantiveram na Líbia os que tentavam partir, e os acordos do antigo governo com as milícias de traficantes de pessoas. Com relação ao número de refugiados que chegam pelo mar, a Itália agora se encontra atrás da Espanha e da Grécia.

Itália acusa França de enviar migrantes a seu território

Enquanto Salvini se vangloria da queda na migração por vias marítimas, ele acusa a França de enviar repetidamente migrantes à Itália. A gestão dos estrangeiros presos na região da fronteira franco-italiana é fonte de desentendimentos frequentes entre os dois países.

Em um comunicado, a prefeitura do departamento francês dos Altos Alpes, na fronteira com a Itália, já negou as acusações feitas por Salvini. No documento, as autoridades afirmam que esses jovens são enviados às estruturas de acolhimento de menores dentro do território francês.

“Foi o caso de dois menores em 18 de outubro”, explica o comunicado que precisa, ao contrário do que afirmou Salvini, que eles não foram devolvidos à Itália, mas foram encaminhados “às estruturas do conselho do departamento dos Altos Alpes para que fossem acolhidos” na França.

Fonte: G1

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Cidadania Italiana

Especialistas se reúnem em Padova para discutir os desafios e implicações da cidadania italiana para descendentes.

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cotidiano

Porta critica atuação governamental na demora e ineficácia das negociações do Acordo de Conversão de CNH entre o Brasil e a Itália

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais

Cotidiano

Estudo assoalhar quantos estrangeiros vivem em Verona e nos municípios da província.

Viagem e Turismo

Prefeito também justificou nova taxa de acesso à cidade.

Cotidiano

O Ministério do Interior da Itália reforçou neste sábado (23) a segurança em diversos pontos do país.

Arte & Cultura

Cônsul Caruso destacou que 'criar valor está no DNA da cidade'

Arte & Cultura

Público terá acesso a relíquias da cultura Daunia