Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Estilo de vida

Meia maratona na Itália veta presença de africanos

Em 2018, a meia maratona foi vencida por Olivier Irabaruta, do Burundi. Foto: Reprodução/Repubblica

Medida pretende combater exploração de atletas. Decisão é criticada por oposição

A organização da meia maratona de Trieste, na Itália, programada para o próximo dia 5 de maio, anunciou nesta sexta-feira (26) que nenhum atleta africano poderá disputar a prova. 

Segundo Fabio Carini, presidente da APD Miramar, que promove o evento, a medida foi tomada para combater o “mercado de atletas”. “Decidimos aceitar apenas atletas europeus, para fazer com que seja regulamentado aquilo que hoje é um mercado de atletas africanos de altíssimo valor, que são explorados, e não podemos mais aceitar isso”, disse.

Na visão de Carini, organizadores de provas de atletismo na Itália são pressionados por “empresários pouco sérios que exploram esses atletas e os oferecem a custos baixíssimos, em detrimento da dignidade deles”.

“Muitos frequentemente não recebem nada e não são tratados com a justa dignidade como atletas e seres humanos”, acrescentou o presidente da APD Miramar. Essa situação, de acordo com ele, também prejudica atletas italianos e europeus, “que não conseguem ser contratados [por equipes] porque têm custo de mercado”.

A medida foi criticada por membros do Partido Democrático (PD), de centro esquerda. “Chegamos aos expurgos no esporte, a última loucura de um extremismo que está se impregnando e desnaturalizando a cidade”, disse a eurodeputada Isabella De Monte.

“Estamos frente ao absurdo: impedir profissionais de participarem de uma prova porque são da África. Atenção, há meses que dizemos: a situação está fugindo do controle, e estamos voltando a tempos escuros”, alertou.

Já o secretário regional do PD em Friuli Veneza Giulia, Cristiano Shaurli, advertiu que Triste inaugurou a “temporada da discriminação no esporte”. Em 2018, a meia maratona foi vencida por Olivier Irabaruta e Elvanie Nimbona, do Burundi, pequeno país do centro-sul da África.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Variedades

Iniciativa quer combater despovoamento de áreas montanhosas.

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Turismo

Alta temporada no país vai de junho a setembro.

Arte & Cultura

Exposição 'Life as a Scientist' será aberta no dia 21 de junho.

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Gastronomia

Referência da gastronomia, TasteAtlas partilha os seus rankings com base na experiência do consumidor.

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.