Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Mansões históricas que podem ser suas por apenas 1€, na Itália

As propriedades ficam no sul da Itália e os novos donos precisarão restaurá-las

Volta e meia, surgem notícias de pequenas cidades italianas que estão vendendo casas por 1€.

O objetivo é sempre o mesmo: reconstruir as habitações locais e renovar as suas populações.

Em 2020, a cidade de Taranto, na costa de Apúlia, no sul de Itália, tornou-se na primeira cidade a aderir a uma iniciativa desta magnitude.

Agora, é a vez de Ripacandida, na região de Basilicata, também localizada no sul do país, promover a revitalização do seu centro histórico, com mansões e palácios por 1 euro – pouco mais de R$ 5.

Na cidade, da província de Potenza, que se destaca pelo estilo medieval e tem apenas 1.700 habitantes — no século XX chegou a superar os cinco mil —, é possível comprar mansões históricas dos anos 1700 e 1800, a preços convidativos. Entre estas, destaca-se a Casa Lioy, uma mansão construída por volta de 1089.

1€ Itália
Anúncio da prefeitura de Ripacandida: Casas por 1 euro | Divulgação

A antiga residência nobre do Palazzo Baffari-Rossi, no qual se insere a Galeria de Arte Cívica Ripacandida, também merece ser considerada.

Segundo o regulamento, depois de restaurada pelo comprador, o palácio pode ser usado como alojamento turístico ou comércio. A iniciativa tem como objetivo “contribuir para o crescimento sócio-econômico da cidade”, diz o comunicado.

As condições e regras para compra podem ser lidas aqui: Comune de Ripacandida.

Faça um tour virtual por Ripacandida

Sorte ou cilada por trás das casas à venda por 1 euro na Itália

A proposta de comprar uma casa na Itália por apenas 1 euro é irresistível. Mas os compradores precisam cumprir uma série de compromissos.

Como são construções históricas, as reformas precisam seguir normas rígidas.

Sem contar as exigências dos idealizadores do projeto. A maioria estipula que o interessado faça a reestruturação do imóvel dentro de um prazo pré-acordado e arque com as despesas relacionadas à documentação.

Se o comprador não cumprir as regras, a casa será devolvida à prefeitura, e uma multa ainda será aplicada.

É aqui que mora o perigo. As reformas não são exatamente fáceis e baratas, e o comprador precisa lidar e entender da burocracia italiana.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Em Sambuca, na Sicília, é cada vez mais provável passear nas ruas estreitas e ouvir o sotaque norte-americano

História

Jill Biden se tornou a primeira ítalo-americana no papel de primeira-dama dos EUA

Cotidiano

O “aventureiro” escolhido pode levar companhia e não paga aluguel por um ano

Destinos

O ponto turístico na Sicília, um dos mais visitados em Itália, foi pintado com um pó vermelho.

Destinos

Comprar casa na Itália por apenas 1 euro é irresistível. Mas compradores precisam cumprir uma série de compromissos

Cotidiano

O prefeito confirmou que o fenômeno provocou a morte de duas pessoas e deixou vários feridos

Cotidiano

Os britânicos pretendem investir na Sicília: 900 casas em 30 cidades pitorescas da ilha

Cotidiano

Projeto de lei é apresentado depois cidades italianas lançarem iniciativas para vender casas por 1 euro

Cotidiano

Três novos índices do Il Sole 24 Ore recompensam as províncias com o melhor contexto de vida por faixa etária

Herança italiana

Padaria Basilicata iniciou em 1914 em São Paulo com o imigrante italiano Filippo Ponzio. Hoje a empresa é comandada pela quarta geração da família.

Cotidiano

Em cinco horas, o Sul da Itália somou 39 tremores, quase todos de baixa intensidade, segundo dados do Instituto Nacional de Geofísica. Deixa o...

Comer e beber

Existem quase 40 receitas diferentes de caponata só na área do Mediterrâneo.