Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Eleições 2022

Italianos no exterior têm até 31/7 para decidir local de votação

Cidadãos têm até 31 de julho para decidir se querem votar no comune nas eleições de 25 de setembro

Italianos no exterior local de votação
Italianos no exterior têm até 31/7 para decidir local de votação

Os cidadãos italianos residentes no exterior têm até 31 de julho para decidir se querem votar na Itália nas eleições parlamentares de 25 de setembro.

Os italianos expatriados que estejam regularizados têm a prerrogativa de participar do pleito por meio do voto postal, mas também podem optar por votar em seu próprio município de inscrição eleitoral na Itália.

Para isto, é necessário informar o consulado de referência até o 10º dia após a data da proclamação da votação. Dessa forma, a opção por votar na Itália deve chegar ao consulado até 31 de julho.

Essa comunicação pode ser redigida em papel simples e, para ser válida, deve conter nome, sobrenome, data, local de nascimento, local de residência e assinatura do eleitor, além de ser acompanhada por cópia do documento de identidade do declarante.

Também pode ser utilizado o formulário disponível no site do Ministério das Relações Exteriores (www.esteri.it) ou o do próprio escritório consular.

Aqueles que não quiserem votar em seu município na Itália poderão participar das eleições legislativas pelo correio, tendo de escolher candidatos à Câmara dos Deputados e ao Senado que representem sua circunscrição eleitoral no exterior – no caso do Brasil, a América do Sul.

Neste caso, não é preciso informar o consulado de referência. Antes de 25 de setembro, o eleitor receberá em sua casa o envelope com as cédulas para enviá-las preenchidas pelo correio.

Atualmente, o Parlamento da Itália tem 18 membros eleitos no exterior (12 deputados e seis senadores), mas esse número passará para 12 (oito deputados e quatro senadores) nas eleições de 25 de setembro devido a uma reforma constitucional que entrou em vigor em 2020.

Desse total, a circunscrição da América do Sul terá direito a dois deputados e um senador. (Ansa Brasil)

Foto: Depositphotos

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.

Cidadania Italiana

Rodrigo Faro se defende de acusações de envolvimento em esquema de falsificação de documentos para cidadania italiana

Cidadania Italiana

Apresentador de TV, empresários e jogadores de futebol têm processos de cidadania italiana cancelados na região de Nápoles.

Itália no Brasil

Diante do público cada vez maior, desafio é garantir boa estrutura para atender bem os visitantes.

Cotidiano

Meloni apresentou queixa antimáfia sobre fluxos migratórios.

Cidadania Italiana

Suspensão temporária das audiências durante o período eleitoral e possível greve dos juízes afeta ítalo-brasileiros.