Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Destinos

Itália deve fechar ano com 61 milhões de turistas estrangeiros

Turismo na Itália: Previsões apontam para um ano recorde em 2023.

italia
Itália deve fechar ano com 61 milhões de turistas estrangeiros | Foto: Depositphotos

Previsões otimistas indicam que o turismo na Itália está prestes a alcançar resultados excepcionais em 2023, com projeções apontando para novos recordes em termos de visitantes, chegadas e gastos de turistas.

Um ano promissor

Segundo o Instituto de Pesquisa Demoskopika, a Itália está se preparando para receber mais de 442 milhões de turistas em 2023, representando um crescimento de 12,2% em relação a 2022. Esse número representa o valor mais alto já registrado na história do turismo italiano.

Estimativa de público recorde para o turismo na Itália

As previsões indicam que o número de visitas turísticas na Itália em 2023 atingirá números extraordinários. Com uma projeção de mais de 442 milhões de visitas, espera-se um aumento de 12,2% em relação ao ano anterior. Esse resultado é um sinal positivo para toda a indústria de turismo do país.

Um fator-chave que contribuirá para o aumento das visitas turísticas na Itália será o aumento do turismo estrangeiro. De acordo com as previsões da Demoskopika, quase 61 milhões de visitantes estrangeiros escolherão a Itália como destino de férias. Isso representa quase metade do total de chegadas previstas e resultará em cerca de 215 milhões de pernoites no país.

Para efeito de comparação, o Brasil recebeu 3,2 milhões de turistas internacionais no primeiro semestre de 2023.

Crescimento dos gastos dos turistas

O crescimento do turismo na Itália em 2023 também terá um impacto positivo nos gastos dos turistas. Segundo as previsões, os gastos totais com turismo deverão atingir a marca de 89 bilhões de euros (cerca de R$ 480 bilhões), com um crescimento estimado de 22,8% em relação a 2022. Esse aumento de visitas e chegadas contribuirá significativamente para a economia italiana, representando um momento de recuperação para todo o setor.

Turismo na Itália em 2023: Aumento esperado em todas as regiões

As perspectivas positivas para o turismo italiano em 2023 se estendem a todos os destinos do país. De acordo com as previsões da Demoskopika, todas as regiões italianas devem registrar um aumento nos fluxos turísticos durante o ano. Abaixo, apresentamos uma visão geral das tendências nas regiões italianas onde se espera o maior crescimento:

Trentino Alto Ádige

O Trentino Alto Ádige se destaca, com previsões de um aumento de 15,4% nas visitas e 11,8% nas chegadas em 2023. Esta região, com suas espetaculares montanhas e paisagens deslumbrantes, continua a atrair um grande número de turistas.

Trentino Alto Ádige: Val di Funes, Dolomitas | Foto: Depositphotos
Trentino Alto Ádige: Val di Funes, Dolomitas | Foto: Depositphotos

Vêneto

A região de Vêneto, rica em história e com um patrimônio cultural único, deverá registrar um aumento de 14,8% nas visitas e 11,0% nas chegadas em 2023. Destinos renomados como Veneza, Verona e as Dolomitas venezianas continuam a encantar visitantes de todo o mundo.

Marcas

As Marcas, uma região com vista para o Mar Adriático e caracterizada por cidades de arte esplêndidas e vilarejos pitorescos, deverão registrar um aumento de 13,4% nas visitas e 13,8% nas chegadas em 2023. Esta região atrai cada vez mais turistas que desejam conhecer suas belezas naturais e culturais.

Gradara, na província de Pesaro e Urbino, na região das Marcas | Foto: Depositphotos

Molise

Molise, uma pequena região no centro-sul da Itália, deverá registrar um aumento de 13,4% nas visitas e 14,3% nas chegadas em 2023. Apesar de seu tamanho compacto, Molise oferece paisagens intocadas, aldeias antigas e uma calorosa hospitalidade que cativa os visitantes.

Toscana

A Toscana, conhecida por sua combinação de arte, cultura, paisagens encantadoras e culinária deliciosa, é um destino querido pelos turistas. Espera-se que a região registre um aumento de 13,4% nas visitas e 13,5% nas chegadas em 2023. Cidades como Florença, Siena, Pisa e a zona rural da Toscana continuarão a encantar visitantes de todo o mundo.

Outras regiões italianas

Além das regiões mencionadas, outros destinos italianos mostram sinais de crescimento do turismo em 2023.

O Lácio deverá registrar um aumento de 12,8% nas visitas e chegadas, seguido pela Sicília com um aumento de 12,7% nas visitas e um aumento de 8,9% nas chegadas.

A Campânia espera um aumento de 12,3% nas visitas e um aumento de 13,1% nas chegadas, enquanto a Emilia-Romagna espera um aumento de 12,2% nas visitas e um aumento de 7,4% nas chegadas.

Até o sul do país, com suas praias intocadas, continuará a ser um destino popular para o turismo de verão, que está chegando ao fim.

Fotos: Depositphotos

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Cidadania Italiana

Especialistas se reúnem em Padova para discutir os desafios e implicações da cidadania italiana para descendentes.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais

Viagem e Turismo

Prefeito também justificou nova taxa de acesso à cidade.

Cidadania Italiana

A cidadania italiana de Giovanna Ewbank: uma narrativa de rápido sucesso ou marketing disfarçado?

Arte & Cultura

Cônsul Caruso destacou que 'criar valor está no DNA da cidade'

Arte & Cultura

Público terá acesso a relíquias da cultura Daunia

Turismo

Região recebeu um investimento significativo em infraestrutura, totalizando 3,5 milhões de euros.

Arte & Cultura

‘DanteDì’ é comemorado anualmente em 25 de março.

Arte & Cultura

A música desempenha um papel fundamental na preservação das identidades culturais e dialetos na Itália

Notícias

Cúpula será realizada em Capri entre 17 e 19 de abril