Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Economia

Governo italiano confirma conversas com Delta e EasyJet pela Alitalia

TIS MEYER/PLANEPICS.ORG

10 companhias aéreas manifestaram interesse em comprar a Alitalia, segundo a imprensa italiana 

O governo italiano confirmou que está em negociações com a Delta Air Lines e a EasyJet pela Alitalia. Junto com a Ferrovie dello Stato Italiane (FS), empresa ferroviária estatal italiana, os grupos aéreos estudam uma potencial tentativa de consórcio administrativo.

Segundo informações da Associated Press, a ferrovia estatal recebeu um papel de liderança ao assumir a Alitalia. Contudo, ela enfrentou dificuldades em meio à concorrência de companhias aéreas de baixo custo. Por conta disso, não conseguiu apresentar um plano sustentável para estabelecer a aérea italiana como um player de longo alcance.

Na semana passada, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, afirmou que está disposto a participar da criação de uma empresa que deverá administrar a Alitalia. O apoio, porém, virá desde que o novo plano de negócios seja sustentável e siga as diretrizes europeias.

A aérea italiana iniciou o processo de recuperação judicial em maio de 2017, mas continuou suas operações. O governo do país forneceu à companhia um empréstimo de 600 milhões de euros. Com essa quantia, portanto, seria possível mantê-la funcionando até que houvessem ofertas de compra. A venda da companhia, contudo, foi suspensa devido a uma mudança de governo.

Várias companhias aéreas manifestaram interesse em comprar a Alitalia. Incluindo, entre elas, ofertas anteriores da Easyjet, da Lufthansa e da Ryanair. A imprensa italiana, contudo, destaca que até dez empresas tenham feito ofertas.

Alitalia cresce 50% no Brasil

De janeiro a outubro de 2018, a Alitalia transportou 250 mil passageiros nas rotas brasileiras. O número significa um aumento de 52% em relação ao mesmo período no ano anterior.

Em 2018, houve um aumento de 110% no número de voos da Alitalia no Brasil, passando de dez semanais para 21, com três rotas por dia entre o País e a Itália. No Rio de Janeiro, a companhia aumentou a frequência de três vezes por semana para voos diários.

Em São Paulo, agora são duas frequências por dia. O novo voo sai de Guarulhos às 22h e chega a Fiumicino, Roma, às 12h05. A volta é diurna, partindo de Roma às 10h15 e chegando em São Paulo às 19h35.

A frequência já consolidada sai às 17h15 de Guarulhos e chega às 7h15. No retorno, a saída de Roma é às 22h05m e a chegada, às 7h25m. O voo diário do Galeão parte às 17h, chegando em Roma às 7h. Na volta, sai às 21h45m e chega às 7h.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Estilo de vida

Por que não adotar o sobrenome do seu marido na Itália: Entenda os motivos.

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Comer e beber

Verdade ou mito: Os italianos realmente comem pasta todos os dias?

Cidadania Italiana

Especialistas se reúnem em Padova para discutir os desafios e implicações da cidadania italiana para descendentes.

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cidadania Italiana

Brasil destaca-se como o 4º país com mais cidadãos adquirindo nacionalidade italiana.

Cidadania Italiana

O ius soli é um problema falso, não é necessário: os números desconstroem a narrativa da esquerda, segundo jornalista.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Cotidiano

Porta critica atuação governamental na demora e ineficácia das negociações do Acordo de Conversão de CNH entre o Brasil e a Itália

Variedades

A idade média em que os italianos se tornam pais tem aumentado ao longo dos anos.

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais