Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Vida & Estilo

Ferrari vai produzir maquinários de UTI contra coronavírus

Ferrari e Fiat devem ajudar produção de ventiladores pulmonares

Ferrari e Fiat devem ajudar produção de ventiladores pulmonares

Ação Contra as filasAção Contra as filas

A Scuderia Ferrari, a empresa automobilística mais famosa do mundo, vai converter a sua planta industrial de Maranello para produzir ventiladores e respiradores para UTIs. Os produtos serão entregues aos hospitais que lutam contra a epidemia de coronavírus (covid-19).

A Ferrari e a Fiat Chrysler Automobile (FCA), juntamente com o fabricante de componentes automotivos Magneti Marelli, estão trabalhando em soluções para viabilizar a produção desses aparelhos que salvam vidas.

A produção será realizada em parceria com a Siare Engineering International, empresa de Bolonha, na Itália, e líder mundial na produção de máquinas de ventilação.

Ferrari deve ajudar na logística ou na produção

Duas hipóteses foram apresentadas durante uma reunião entre um grupo de engenheiros da FCA e da Ferrari ocorrida nesta quinta-feira (19). A primeira visa otimizar o processo produtivo, apoiando a Saire na logística e com fornecedores.

Dois aspectos que podem impulsionar a produção imediatamente.

Entretanto, a segunda hipótese prevê fabricar partes dos aparelhos. A Ferrari já se dispôs a usar seus sistemas em Maranello, e a FCA também está considerando qual planta utilizar na produção de algumas peças. Uma decisão ainda não foi tomada.

Embora o objetivo seja claro: dobrar a produção do aparelho de UTI da Siare, de 150 para 300 respiradores por semana. Nos últimos dias, a família Agnelli – que controla a FCA e a Ferrari – doou 10 milhões de euros (cerca de R$ 55 milhões) à Proteção Civil italiana, para lutar contra o surto de covid-19.

O grupo FCA, Ferrari e CNH Industrial também adquiriram 150 respiradores e máscaras na China e os estão transportando para a Itália.  Além disso, a Leasys, empresa de aluguel de veículos, disponibilizou à Cruz Vermelha Italiana uma frota de meios de transporte. E o grupo ofereceu sua própria rede de compras e um serviço de consultoria à Proteção Civil para comprar suprimentos e equipamentos médicos no exterior e trazê-lo rapidamente para a Itália.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Sobrenome italiano

O sobrenome Ferrari tem origem na profissão de ferreiro e é um dos mais conhecidos em todo o planeta

Cotidiano

Ferrari SF90 Stradale de R$ 7 milhões cai do caminhão em São Paulo

Cotidiano

Depois dessa fica fácil de entender porque o Fiat Panda é o carro mais vendido da Itália

Economia

Ainda sem preço final definido, o veículo vai rodar com um motor V6 dianteiro híbrido e tração nas quatro rodas.

Economia

O Hongqi S9 é um hipercarro de mais de 1.400 cv de potência para acelerar da imobilidade aos 100 km/h em 1,9 segundo.

Cotidiano

Cruz Vermelha planeja fazer até 3 mil testes rápidos e gratuitos por dia em 11 cidades da Itália.

Cotidiano

Oficial: primeiro supercarro totalmente elétrico da Ferrari vai chegar em 2025

Economia

As generosas empresas italianas que recompensaram funcionários durante a pandemia.

Cotidiano

"Lavei seu carro, mas tem um probleminha: acabei com ele"

Vida & Estilo

O conversível que faltava em Maranello. O preço? R$ 3,2 milhões Deixa o seu comentário:

Esporte

Mick Schumacher vai participar dos treinos livres de sexta-feira na Fórmula 1 Deixa o seu comentário:

Esporte

Grande Prêmio da Toscana de Fórmula 1 será neste domingo, na casa da Ferrari Deixa o seu comentário: