Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Negócios

Em dez anos, Amazon criou quase 130 mil empregos na Itália

amazon italia
Em dez anos, Amazon criou quase 130 mil empregos na Itália

Números foram apresentados em resposta à Salvini, que declarou guerra contra a gigante da web

Quase 6 bilhões de euros investidos em dez anos, mais de 120 mil empregos criados e 234 milhões de euros em impostos pagos ao governo. Esses são os números da Amazon Itália.

Os dados foram apresentados nesta quinta-feira (27), em reunião com o líder da Lega Matteo Salvini – crítico ferrenho da gigante americana.

Os números mostram o compromisso da empresa com a Itália, “por meio de investimentos, criação de empregos, apoio para digitalização de PMEs e contribuição fiscal”, explica a Amazon em nota oficial divulgada hoje.

Para ser mais preciso, desde 2010, a Amazon investiu mais de 5,8 bilhões de euros na criação de empregos e infraestrutura, tornando-se “uma das principais criadoras de empregos do país. Ao todo, a empresa gerou quase 130 mil vagas de trabalho – sendo 8.500 diretos.

Salvini declara guerra à Amazon

A guerra de Matteo Salvini contra a Amazon é na verdade uma bandeira em nome da italianidade.

O ex-vice primeiro-Ministro da Itália e atual senador, quer “primeiro os lojistas” italianos. Uma cópia da sua bandeira “primeiro os italianos”, contra a massiva entrada de refugiados na Itália.

De acordo com o alarme lançado há poucos dias pela Confesercenti, a principal associação dos empresários da Itália, a segunda onda do covid levou o encerramento de 190 mil lojas no país. 

Diante disso, Salvini montou uma verdadeira cruzada, não contra o e-commerce, que caiu no gosto dos italianos, mas contra a gigante da web e sua condição fiscal. Certamente, por conta da sua moderna gestão administrativa, mais fácil do que a dos varejistas italianos.

Nos últimos dias, aliás, o secretário da Liga tem repetidamente sublinhado a importância, especialmente durante a crise econômica provocada pela pandemia, “das compras de Natal feitas nas lojas perto de casa e não com um clique na rede”. 

A reação da multinacional foi simplesmente colocar-se à disposição para ouvir seus pedidos, como costuma fazer com qualquer interlocutor que o solicite.

LEIA TAMBÉM

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Mais de Italianismo

Cotidiano

Atualmente, o cargo é ocupado por Sergio Mattarella, que está na reta final de seu mandato de sete anos

Agenda

A Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura promove o webinar sobre sustentabilidade.

Esporte

A Amazon está negociando os direitos de transmissão do campeonato italiano de futebol, a “Lega Serie A“. Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Perplexa, Itália vive dias decisivos para futuro do governo.

Vida & Estilo

Mesmo sem provas, ex-ministro italiano denunciou fraudes Deixa o seu comentário:

Negócios

75% dos italianos fizeram compras online durante o lockdown Deixa o seu comentário:

Negócios

Brasileiros mudaram hábitos de consumo durante a quarentena Deixa o seu comentário:

Negócios

Crise na diplomacia: forte ataque de jornal alemão contra os eurobonds proposto pela Itália. "Frases inaceitáveis", diz ministro italiano.

Arte & Cultura

Solidariedade digital: gigante da internet permitirá filmes gratuitos Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Presidente determinou que partidos formem nova coalizão até terça ou então serão convocadas novas eleições Deixa o seu comentário:

Negócios

Salvini diz que Berlim e Paris não podem ignorar exigências de Itália e Malta quanto a políticas migratórias Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

A Promotoria de Ivrea abriu um inquérito para investigar o italiano por excesso culposo de legítima defesa Deixa o seu comentário: