Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Com novas regras, fim de ano na Itália será ‘mais caseiro’

Só quem tiver o “super passe verde” poderá sair de casa para participar de ceias em restaurantes

fim de ano na Itália
Com novas regras, fim de ano na Itália será ‘mais caseiro’

Mais um Réveillon sob a pandemia de Covid-19 se aproxima e os italianos terão que se contentar em fazer celebrações “caseiras”, nas residências de familiares ou de amigos.   

Por conta da alta de casos da doença nas últimas semanas e a chegada da variante Ômicron, festas públicas nas praças foram canceladas e clubes noturnos não poderão receber eventos que comemorem a chegada de 2022.   

Porém, o último decreto com regras sanitárias, publicado no dia 24 de dezembro não veta, nem limita as reuniões familiares e pede “bom senso” da população para evitar grandes aglomerações.   

No ano passado, o decreto era muito mais restrito, com a imposição do toque de recolher, e limitação de deslocamento dentro e entre as cidades e regiões do país.   

A “flexibilização” nesse quesito vem por conta da alta quantidade de italianos com mais de 12 anos completamente imunizados: são mais de 85,5% dos cidadãos do país. E se os casos diários são recordes em quantidade de toda a pandemia, desde fevereiro de 2020, as mortes estão em uma ascendente muito menor.   

Quem tiver o “super passe verde”, que atesta quem foi vacinado ou tem um atestado de cura do coronavírus Sars-CoV-2 nos últimos 180 dias, poderá sair de casa para participar de ceias em restaurantes. Quem não tiver, não poderá entrar nesses estabelecimentos.   

No entanto, conforme andar a situação epidemiológica nas cidades, poderão haver algumas restrições pontuais. Alguns prefeitos já anunciaram que vão restringir a passagem de carros por vias importantes das cidades; outros informaram que vigiarão para evitar que muitas pessoas se reúnam em suas casas.   

Conforme o último boletim do Ministério da Saúde, publicado nesta terça-feira (28), a Itália registrou 78.313 novos casos nas últimas 24 horas – número é o maior desde o início da pandemia – e 202 mortes. (ANSA)

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.

Cidadania Italiana

Rodrigo Faro se defende de acusações de envolvimento em esquema de falsificação de documentos para cidadania italiana

Cidadania Italiana

Apresentador de TV, empresários e jogadores de futebol têm processos de cidadania italiana cancelados na região de Nápoles.

Itália no Brasil

Diante do público cada vez maior, desafio é garantir boa estrutura para atender bem os visitantes.

Cotidiano

Meloni apresentou queixa antimáfia sobre fluxos migratórios.