Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Itália flexibiliza regras para viajantes provenientes do Brasil

As novas regras ainda não permitem viajantes provenientes do Brasil para turismo

Itália flexibiliza regras
Itália flexibiliza regras para viajantes provenientes do Brasil

O governo da Itália anunciou neste sábado (23) uma flexibilização nas regras sobre a entrada de viajantes provenientes do Brasil, mas ainda sem a liberação para turistas.   

As novas normas passam a valer em 26 de outubro e ficam em vigor ao menos até 15 de dezembro. De acordo com a ordem assinada pelo ministro da Saúde, Roberto Speranza, Brasil e Índia passam a ser equiparados à maioria dos outros países de fora da Europa.   

Isso significa que, a partir de 26 de outubro, será permitida a entrada na Itália de cidadãos italianos, de Estados-membros da União Europeia ou da Área Schengen que tenham transitado pelo Brasil nos 14 dias anteriores à chegada.   

A mesma regra valerá para titulares de permissões de estadia de longo período na Itália e seus familiares; para pessoas que comprovem uma relação afetiva estável com cidadãos italianos, da UE ou da Área Schengen ou com indivíduos legalmente residentes na Itália; e para atletas, técnicos, juízes e jornalistas de competições esportivas. Também serão permitidas viagens por motivos de trabalho, saúde, estudos ou “absoluta urgência”.   

Além disso, essas pessoas precisam preencher um formulário online de localização de passageiros e apresentar, ainda no embarque, o resultado negativo de um teste molecular ou de antígeno para Covid-19 realizado nas 72 horas anteriores à chegada na Itália.   

Além disso, será necessário cumprir isolamento de 10 dias no endereço indicado no formulário online, ao qual só se poderá chegar com meios de transporte privados, e efetuar um novo exame molecular ou de antígeno no fim do período de quarentena.   

As novas regras ainda não permitem viajantes provenientes do Brasil para turismo.   

Proibição

A entrada de pessoas que tenham transitado por território brasileiro nos 14 dias anteriores à chegada está proibida na Itália desde julho de 2020, mas teve algumas flexibilizações nos últimos meses.   

Atualmente, há exceções por motivos de estudo; para pessoas com residência fixa na Itália; para indivíduos que tenham cônjuges ou filhos menores de idade residentes em solo italiano; e para “sujeitos em condições de absoluta necessidade autorizados pelo Ministério da Saúde”.   

Também nestes casos, o viajante precisa apresentar resultado negativo de teste molecular ou de antígeno realizado nas 72 horas anteriores à chegada, submeter-se a um novo exame após desembarcar na Itália, cumprir quarentena de 10 dias e fazer mais um teste ao fim do isolamento. (Ansa).   

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Economia

Financiamento imobiliário na Itália: Processo complexo e exigências rigorosas para estrangeiros na obtenção de empréstimo.

Variedades

Iniciativa quer combater despovoamento de áreas montanhosas.

Economia

Dados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estatísticas.

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Cotidiano

Influenciadora teve imagem arranhada por prática desleal

Economia

Evento contou com apoio do Consulado-Geral da Itália em SP.

Notícias

Marca terceirizava produção com empresas chinesas irregulares.

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Notícias

Cúpula acontecerá entre 13 e 15 de junho na região da Puglia.