Connect with us

Hi, what are you looking for?

Cotidiano

Anticorpos sintéticos criados em universidade italiana bloqueia covid-19

Resultados estão entre as terapias mais promissoras para enfrentar o novo coronavírus

Anticorpos sintéticos conseguiram neutralizar o coronavírus Sars-CoV-2 em culturas de células de mamíferos em um estudo realizado por três universidades italianas.

Os chamados anticorpos monoclonais são versões em laboratório daqueles produzidos pelo sistema imunológico para combater um antígeno invasor e estão entre as terapias mais promissoras para enfrentar o novo coronavírus.

Conduzido pela Universidade de Toronto, no Canadá, o estudo se baseou em três anticorpos sintéticos projetados no computador para tornar inofensiva a proteína spike, usada pelo Sars-CoV-2 para agredir células humanas.

O resultado ainda aguarda publicação em revista científica, mas um dos participantes da pesquisa diz que a neutralização do vírus “funcionou muito bem”.

“Estão em curso contatos para produzir as doses para testes clínicos, que podem acontecer em alguns meses”, disse à ANSA o cientista italiano Giuseppe Novelli, da Universidade de Tor Vergata, em Roma.

A Universidade de Turim e o Instituto Lazzaro Spallanzani, principal referência em doenças infecciosas na Itália, também participaram do estudo.

“A pesquisa acadêmica cumpriu seu dever, e agora cabe à indústria produzir as doses do remédio para experimentação”, acrescentou.

Com informações da Agência Ansa

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Facebook

Leia também:

Comer e beber

É temporada de colheita de azeitonas na Itália. Veja como é feita a conserva Deixa o seu comentário:

Cotidiano

País contabilizou mais de 7 mil contágios nesta quarta-feira Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Apenas 23% acham que a oposição faria melhor. Itália é atualmente administrada pela centro-esquerda Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Atualizações do Coronavírus neste domingo, 11 de outubro. Na Itália e no mundo Deixa o seu comentário: