Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

Italianismo

Cinema italiano

A Incrível História da Ilha das Rosas: afinal, a ilha existiu?

Ilha das rosas existiu
A Incrível História da Ilha das Rosas: afinal, a ilha existiu?

A Incrível História da Ilha das Rosas é um filme baseado em uma história real

Um engenheiro idealista constrói a própria ilha no litoral da Itália e a declara uma nação independente, chamando a atenção do mundo — e do governo. Mas afinal, a Ilha das Rosas existiu?

A Incrível História da Ilha das Rosas“, novo filme italiano que está fazendo muito sucesso na Netflix, retrata a história de um homem que procurou durante toda a sua vida preservar o que tinha de mais importante: a liberdade, tanto sua como a de qualquer cidadão.

O longa metragem, que é ambientado em Rimini, na Itália dos anos 60, mostra a trajetória de Giorgio Rosa (interpretado por Elio Germano), um engenheiro sonhador que tem o talento para construir tudo o que deseja.

Certo dia, ele resolve construir por si mesmo uma ilha no Mar Adriático, que acabou ganhando o nome de “Ilha das Rosas“.

Lógico que o governo italiano não gostou, principalmente com a repercussão internacional do caso.

É uma comédia bem intencionada que quer mostrar ao espectador o poder dos sonhos.

A Ilha das Rosas realmente existiu?

Sim, a Ilha das Rosas realmente existiu.

Em 1968, Giorgio Rosa, um engenheiro italiano, construiu sua própria ilha no mar Adriático, que abrigava um restaurante, um bar, uma loja de souvenirs e até uma agência dos correios.

Essa foi história extraordinária, que por algum acaso, ficou no imaginário do povo italiano.

“A Incrível História da Ilha das Rosas é o tipo de história em Rimini que os avós contam aos filhos e netos”, explica o produtor do filme, Matteo Rovere à BBC. “É uma história muito famosa, mas apenas em Rimini. Achamos que era uma história incrível, e muito estranho que não soubéssemos dela.”

A história começa em 1967, quando Rosa se propôs a construir uma micro-nação, que pretendia ser um símbolo de liberdade. 

Muitas pessoas na época pensaram que ele devia estar louco para tentar tal façanha.

Mas, como seu filho ressalta também à BBC, a construção de L’Isola delle Rose exigiu muito conhecimento técnico.

Veja a cronologia da Ilha das Rosas

  • Em 1968, o engenheiro italiano Giorgio Rosa projetou e financiou a construção de uma plataforma de 400 m² suspensa por pilares de aço.
  • A estrutura foi construída na costa de Rimini, um pouco além das águas territoriais italianas, o que significava que estava fora do controle das autoridades.
  • Rosa se autoproclamou presidente e o declarou estado independente – a República da Ilha Rosa.
  • As autoridades ficaram insatisfeitas com o fato de a Ilha Rosa ter sido construída sem permissão e estar se beneficiando do turismo enquanto evitava as leis fiscais.
  • Além de alegar que a ilha estava sendo usada para bebida e jogos de azar, alguns políticos até sugeriram que a ilha representava uma ameaça à segurança nacional e poderia fornecer cobertura para submarinos nucleares soviéticos, em um esforço para prejudicar sua reputação.
  • Apenas 55 dias após a declaração de independência da ilha em 24 de junho de 1968, os italianos enviaram forças militares para assumir o controle. Eles destruíram a Ilha das Rosa em 11 de fevereiro de 1969 usando dinamite.
  • Dias depois, uma tempestade submergiu totalmente a estrutura.

Hoje, seus restos repousam no fundo do mar do Adriático. Enfim, a Ilha das Rosas existiu.

Trailer
LEIA TAMBÉM

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Destinos

A cidade de Poggio Torriana, na Itália, é conhecida pelo Castelo de Montebello, que seria mal-assombrado. Mas suas atrações vão muito além dessa lenda....

Podcast

Apresentador da NSC TV Florianópolis e na CBN é o convidado deste podcast.

Itália no Brasil

Filho de imigrantes italianos, Amácio Mazzaropi começou ainda na adolescência a vida de artista.

Itália no Brasil

Lançado em 2020, documentário retrata heranças da imigração no Brasil.

Arte & Cultura

Passada no final do século 15, a trama encontra Leonardo Da Vinci acusado de assassinato

Arte & Cultura

Laura Pausini indicada ao Oscar de 2021 com Io Sì

Arte & Cultura

Academia divulga seus indicados no dia 15 de março e a atriz italiana pode estar na lista por sua participação no filme 'Rosa e...

Cinema italiano

Mas o que de tão bizarro e sombrio tem por trás da família Gucci?