Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Destinos

Palmarola: um paraíso perto de Roma que até os italianos desconhecem

Esqueça Capri, Santorini ou Córsega. Palmarola é considerada por muitos a ilha mais bonita do Mediterrâneo.

Palmarola é um pequeno paraíso a pouco mais de uma hora de Roma e um dos segredos mais bem guardados da Itália. é desconhecida também para a maioria dos italianos.

Na ilha, não irá encontrar casas, hotéis, bares, lojas ou carros. Nem multidões. No local, há apenas um restaurante – que abre apenas durante o verão – e alguns curiosos que espreitam a beleza selvagem de Palmarola. Ao invés de confusão – que domina as restantes ilhas do Mediterrâneo –, poderá, sim, esperar peixe acabado de ser pescado e uma vista inigualável.

A natureza primitiva e o azul turquesa do mar fazem com que se sinta um verdadeiro Indiana Jones, pronto para explorar um novo mundo com um passado pré-histórico. O tempo parece ter parado na era Jurássica.

O ponto mais alto da ilha é a Punta Tramontana, de onde é possível admirar as ruínas assustadoras de um mosteiro medieval e de uma aldeia pré-histórica.

Roxo, vermelho, castanho, verde, branco, amarelo e cor-de-rosa são algumas das cores que se veem nos penhascos. As rochas brilham devido aos cristais e minerais que as formam, e a água é translúcida. Nadar nas grutas é uma experiência imperdível.

O turista pode optar por passar a noite em Palmarola, numa gruta formada pelas rochas – que era uma antiga moradia de um dos pescadores que habitaram a ilha em tempos passados – ou acampado numa tenda. O único restaurante aberto na ilha – O’ Francese – tem alguns quartos para alugar, mas costumam estar sempre ocupados.

O’ Francese tem uma história curiosa. O francês que dá nome ao restaurante vivia em Ponza antes de se mudar para França, onde constituiu família. Mas a ilha onde passou alguns anos da sua infância, vivendo numa caverna de pescadores com o seu pai, não lhe saía da cabeça. Foi então que decidiu regressar a Palmarola com a mulher, e construir uma barraca de madeira, que acabou sendo transformada em restaurante.

Para chegar a Palmarola, a única opção é ir até Terracina, uma cidade a pouco mais de 100 quilómetros de Roma, e viajar de barco até à ilha de Ponza. Aí terá de pegar um outro barco que o levará até ao local.

Por Mafalda Magrini/Volta ao Mundo

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cotidiano

O prefeito confirmou que o fenômeno provocou a morte de duas pessoas e deixou vários feridos

Destinos

Objetivo é tornar o turismo mais sustentável. Cidade recebe cerca de 25 milhões de turistas por ano

Turismo

Itália bateu recorde de turismo interno no verão europeu

Cotidiano

Autoridades buscam alternativas para estimular o público. Principalmente os Antivax

Cotidiano

Ricardo Ferraz comanda gelateria em Foligno

Estudar na Itália

O levantamento é a principal referência em qualidade universitária na Itália

Cotidiano

A obra, que ficará visível até 18 de julho, é inspirada no projeto inacabado do gênio renascentista.

Cotidiano

A Itália, campeã da Eurocopa, retornou a Roma. Hoje, espera-se que os Azzurri se encontrem com Mattarella e Draghi

Cotidiano

A difusão da rede móvel de nova geração está em constante evolução e as ofertas tornam-se cada vez mais atraentes na Itália

Cotidiano

Três novos índices do Il Sole 24 Ore recompensam as províncias com o melhor contexto de vida por faixa etária

Destinos

Oscar do Ciclismo de 2021: aqui está o pódio escolhido pelo júri da nova edição do prêmio

Cotidiano

Itália terá trem luxuoso para explorar as regiões mais conhecidas e os destinos menos frequentados do país