Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Comer e beber

7 benefícios do vinho para quem busca mais saúde e bem-estar

Descubra como uma taça de vinho pode trazer uma boa dose de saúde e bem-estar para o seu dia a dia.

benefícios do vinho
7 benefícios do vinho para quem busca mais saúde e bem-estar

Ao longo dos anos, especialistas vêm estudando os benefícios do vinho para a saúde. Especialmente do vinho tinto, rico em antioxidantes e polifenóis que contribuem para melhorar a função cardíaca e a pressão sanguínea, reduzindo assim o risco de doenças cardiovasculares.

O que é o resveratrol?

O resveratrol, que você verá sendo citado algumas vezes nos tópicos a seguir, é um composto vegetal que age como um antioxidante.

Esse composto tende a concentrar-se principalmente nas cascas, bagas e sementes de uvas – partes que estão incluídas na fermentação do vinho tinto, por isso sua concentração particularmente elevada de resveratrol.

Por conta de suas propriedades antioxidantes, o resveratrol ajuda a reduzir a pressão arterial através da produção de óxido nítrico, que faz com que os vasos sanguíneos relaxem.

Isso não é desculpa para exagerar no consumo: para desfrutar dos benefícios do vinho, o ideal é consumir apenas uma pequena taça por dia. Essa quantidade já é suficiente para obter uma série de vantagens – confira as sete principais:

1) Estimula o sistema imunológico

Beber uma taça de vinho diariamente pode dar um impulso ao seu sistema imunológico. O consumo moderado de álcool pode evitar infecções e manter seu organismo mais saudável e ativo. Para monitorar os benefícios disso, é fundamental manter seus exames preventivos em dia.

2) Reduz os riscos de acidente vascular cerebral e ataque cardíaco.

Especialistas acreditam que a redução do risco de doenças cardiovasculares seja um dos maiores benefícios do vinho. O que significa que ele também ajuda a proteger contra outros eventos cardiovasculares, como o ataque cardíaco e o derrame.

O motivo disso é que ambos são resultado do entupimento dos vasos sanguíneos – coisa que o resveratrol, presente no vinho tinto, pode ajudar a combater, prevenindo coágulos e danos.

3) Melhora a função cognitiva

Pode parecer estranho, mas uma taça de vinho tinto pode ajudar a alimentar o cérebro: as substâncias químicas presentes no vinho tinto aumentam a longevidade dos neurônios.

Isso protege o cérebro da demência e, ao mesmo tempo, reduz o aparecimento de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson.

4) Pode diminuir o colesterol

As procianidinas, espécies de taninos concentrados encontrados no vinho tinto, promovem não só um coração mais saudável, mas também estimulam índices menores de colesterol.

O resveratrol também diminui o LDL (colesterol ruim) enquanto aumenta o HDL (colesterol bom).

Se você está tendo problemas para manter seus níveis de colesterol, nossa dica é ir além dos benefícios do vinho: converse com o seu médico e faça seus exames preventivos periodicamente.

5) Reduz o risco de diabetes tipo 2

Um especialista afirmou recentemente que os casos de pessoas com diabetes tipo 2 devem triplicar nos próximos 17 anos.

Mas a boa notícia é que, se você está em risco de entrar para esta estatística, o vinho pode ajudar. O resveratrol demonstrou melhorar a sensibilidade à insulina. Com a resistência à insulina é um dos fatores que contribuem para o risco de diabetes tipo 2, uma taça de vinho pode contribuir positivamente para protegê-lo da doença.

Em sua próxima consulta médica, pergunte sobre os benefícios do vinho para a sua saúde, qual a dose mais recomendada para o seu caso e siga com os exames preventivos para proteger sua saúde por completo.

6) Protege a pele contra o envelhecimento

O vinho tinto possui uma série de antioxidantes – como flavonoides, resveratrol e tanino, que ajudam a combater o envelhecimento, restaurando o colágeno e as fibras elásticas.

Entre os benefícios do vinho (sempre falando em um consumo moderado), está uma pele mais firme, com a redução de linhas finas e rugas.

7) Promove a longevidade

Sempre que equacionamos vida saudável e longevidade, é comum que mencionem a dieta mediterrânea.

O grande foco deste tipo de dieta, além do azeite e vegetais frescos, está o vinho. Um dos motivos disso é justamente a ação do resveratrol – ele ativa uma proteína que atua como um agente antienvelhecimento, promovendo diversas melhorias para sua saúde no geral. (Vita)

Leia também

Desde 2016, o Italianismo entrega conteúdo de qualidade e gratuito para a comunidade italiana, em língua portuguesa. Se você gostou do artigo que acabou de ler, deixe o seu "like" no botão abaixo. Isso nos motiva a continuar produzindo notícias sobre a nossa Itália.

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Publicidade

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Itália no Brasil

Selo Vinitaly vai passar por eventos em 15 países do mundo. Bento Gonçalves representará o Brasil

Comer e beber

Estudo contou com a colaboração dos italianos das universidades de Milão, Reggio Calábria e Palermo.

Destinos

Piemonte homenageado pelo The Guardian, que dedica uma esplêndida homenagem para a região situada no norte da Itália

Itália no Brasil

Principal feira profissional na América Latina dirigida ao segmento vitivinícola será em Bento Gonçalves

Economia

Exportações agroalimentares italianas alcançam 50 bilhões de euros em 2021

Comer e beber

A garrafa de vinho mais preciosa do mundo foi feita na Itália: é um Amarone della Valpolicella, enfeitado com diamantes e rubis

Comer e beber

Apesar da queda de produção de 9% (44,5 milhões de hectolitros), a Itália continua como maior produtora mundial do setor

Comer e beber

O novo Guia Bibenda 2022 elegeu os dez melhores vinhos da Itália: aqui estão as excelências

Cotidiano

Robô submarino tira fotos do navio e da carga de ânforas que datam do século II a.C.

Comer e beber

Beber um bom vinho durante as refeições ou no fim do dia é o capricho de muita gente, sem contar as pessoas que acham...

Comer e beber

O New York Times selecionou os melhores vinhos baratos do mundo abaixo de 20 euros: na lista estão cinco rótulos italianos

Itália no Brasil

O Brasil importou da Itália em 2020 cerca de US$ 231 milhões em vinhos, massas e outros produtos do Made in Italy. Um aumento...