Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cidadania Italiana

Ranking mostra os países com melhores políticas para imigrantes

Relatório mostra que Portugal é um dos lugares mais amigáveis ​​para imigrantes. A Itália é a 8ª.

melhores-países-imigrantes
Ranking mostra os países com melhores políticas para imigrantes

A Itália está em 8º lugar entre 52 países avaliados em um novo relatório sobre melhores políticas de integração de imigrantes, produzido pelo MIPEX – Índice de Políticas de Integração de Migrantes.

No ranking divulgado nessa semana e referente ao ano de 2019, a Itália conquistou 58 pontos de um máximo de 100. Um pouco acima da média da Europa, mas questões sérias permanecem em relação ao acesso à naturalização e educação. 

Segundo o estudo, as políticas na Itália mudaram pouco para os imigrantes. O país caiu 1 ponto no ranking em relação ao ano anterior devido as mudanças restritivas às políticas de naturalização e saúde. O Decreto-Lei que exige o Certificado de idioma B1, como requisito para a cidadania por naturalização, foi citado.

O relatório enfoca as políticas de integração em oito áreas principais: educação, mercado de trabalho, reagrupamento familiar, participação política, residência permanente, acesso à nacionalidade, antidiscriminação e saúde.

E foi exatamente “saúde” a área melhor avaliada. Considerada “ligeiramente favorável “, segundo o MIPEX, os serviços de saúde na Itália são, geralmente, acessíveis para imigrantes devido a uma combinação de políticas nacionais e regionais. 

Todos os migrantes legais e requerentes de asilo têm o direito e o dever de se inscreverem no Serviço Nacional de Saúde (SSN). No entanto, a documentação necessária para ter acesso aos cuidados de saúde no país pode ser dificultada.

Classificação da Itália no último relatório MIPEX

Migrante Integration Policy Index 2020

Portugal no pódio

Destino mais procurado pelos brasileiros com dupla cidadania, Portugal tem uma das leis mais robustas do mundo para a integração de migrantes, segundo o MIPEX.

Segundo o estudo, Portugal tem melhorado as políticas de integração de migrantes nos últimos anos, sobretudo na saúde e educação, o que lhe rendeu 81 pontos em uma escala de 100 – e o terceiro lugar no pódio, atrás apenas de Suécia (86) e Finlândia (85), países historicamente mais receptivos aos imigrantes.

Em matéria de combate à discriminação, Portugal atingiu o máximo de 100 pontos, e é destacado pelas suas “fortes políticas” e pelos mecanismos de execução que “estão crescendo, como na consciencialização pública e denúncias”.

Classificação de Portugal no último relatório MIPEX

Migrante Integration Policy Index 2020

Logo a seguir, Portugal consegue 94 pontos em matéria de mobilidade do mercado de trabalho onde fica em “primeiro lugar, ao lado de Alemanha e dos países nórdicos” por garantir “igualdade de tratamento e apoio específico tanto para cidadãos portugueses como para cidadãos de fora da Europa”.

Na área de cidadania, por outro lado, Portugal não só obteve 86 pontos como subiu 13 em relação ao índice de 2014, destacando-se pelo seu “modelo de cidadania, líder mundial”, que foi reforçado tanto para imigrantes como para descendentes de portugueses.

Fora da Europa, os Estados Unidos obtiveram 73 pontos e a Austrália, 65.

Reino Unido, agora fora da União Europeia e a Suíça obtiveram 66 e 50 pontos, respectivamente, não oferecendo aos migrantes um futuro seguro.

O MIPEX é um trabalho da responsabilidade do Grupo para as Políticas de Migração (MPG) em parceria com o Centro de Relações Internacionais de Barcelona e é cofinanciado pela Comissão Europeia.

Ranking dos países da UE sobre políticas para imigrantes

#PAÍSPONTUAÇÃO
Suécia86
Finlândia85
Portugal81
Bélgica69
Luxemburgo64
Irlanda64
Espanha60
Itália58
Alemanha58
10ºHolanda57
11ºFrança56
12ºEstônia50
13ºRepública Tcheca50
14ºRomênia49
15ºDinamarca49
16ºEslovênia48
17ºMalta48
18ºGrécia46
19ºÁustria46
20ºHungria43
21ºChipre41
22ºPolônia40
23ºBulgária 40
24ºCroácia39
25ºEslováquia39
26ºLetônia37
27ºLituânia37
Fonte: Mipex

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cidadania Italiana

Empresaria alega que Instituto não concluiu processo e ainda perdeu seus documentos

Destinos

Os 100 melhores hotéis do mundo: aqui estão as premiadas estruturas italianas

Cidadania Italiana

"Talvez eu possa mudar a lei com minha popularidade", diz o TikToker italiano

Cidadania Italiana

O número de cidadãos brasileiros com o passaporte italiano em Portugal vem chamando a atenção das autoridades. Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Acredita-se que o La Veloce teria transportado cerca de 30 milhões de pessoas em quase 50 anos

Cidadania Italiana

Cidadania italiana no Exterior é capital importante para fortalecer o Made in Italy no mundo

Cidadania Italiana

O reconhecimento da cidadania italiana é através do princípio do direito de sangue. Quem tem direito à cidadania italiana? Saiba tudo aqui.

Estudar na Itália

O levantamento é a principal referência em qualidade universitária na Itália

Cidadania Italiana

Consulado Geral da Itália em São Paulo recebe uma média de 15 mil pedidos por ano

Cidadania Italiana

Os custos para pedir a sua cidadania italiana podem variar de acordo com a linha genealógica da sua família e a modalidade escolhida.

Cidadania Italiana

O tema assombra os ítalo-brasileiros que buscam o reconhecimento da cidadania italiana através do Tribunal de Roma.

Publicidade

Fuja das filas nos consulados italianos e realize o sonho da sua cidadania italiana.