Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Arte & Cultura

O emoji mais italiano de todos chega ao iPhone

emoji italiano
O emoji mais italiano de todos chega ao iPhone

Emoji italiano está disponível para usuários do iOS 14.2

Entre as novidades da nova versão do iOS, está o emoji mais italiano de todos: a clássica mão com as pontas dos dedos juntas.

O emoji italiano, normalmente usado para expressar incompreensão ou indiginação em alguma situação, era aguardado há algum tempo.

Ele também é muito utilizado em memes nas redes sociais.

Ao todo, são 116 pictogramas à disposição dos usuários com a partir da nova atualização, a iOS 14.2.

Balde, de fenda, escova de dentes são alguns dos novos objetos, junto com o espelho, a escada, chinelos e o capacete militar. 

No esporte, existem bumerangues e patins. Entre os animais entram o mamute e o bisão, mas também a mosca e a barata, além do gato preto. 

A cozinha é enriquecida com mirtilos, azeitonas e pimentas, focaccia, fondue e bule de chá. 

Entretanto, há espaço também para anatomia, com coração e pulmões desenhados de forma realista.

O design foi feito pela Emojipedia.

Assista ao vídeo

Os muitos significados do novo emoji

Pode ser um jeito de demonstrar incredulidade, de pedir silêncio e até um gesto fofo.

Dependendo de onde você está, o novo emoji pode ter significados completamente distintos.

Você, italiano, provavelmente já está familiarizado com ele.

Na Itália

E esse é justamente o seu propósito oficial, de acordo com os criadores do emoji: representar o jeito que um italiano perguntaria a você “Mas o que é isso?” ou “Mas o que é que você quer?” — uma espécie de incompreensão indignada, digamos.

Sua interpretação ao redor do mundo, entretanto, é controversa.

Em Israel

Em Israel, você costuma usar esse gesto quando está irritado ou bravo com alguém — significa ‘se acalme’, ‘só um minuto’, ‘seja paciente’ ou até ‘que p* é essa?.

Aparentemente, nem todo mundo usa do mesmo jeito.

Na Nigéria ou países árabes

Na Nigéria, o emoji pode significar um gbas gbos — uma discussão acalorada, em tradução livre.

Na Índia, ele pode ser um jeito de perguntar a alguém se está com fome.

Por fim, países árabes, o gesto pode ser utilizado para descrever dois extremos, como “acalma-se, tenha paciência”, ou “você vai ver o que te acontece”. Isso mesmo, como uma ameaça.

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Mais de Italianismo

Cotidiano

Khaby Lame se tornou uma estrela da mídia social sem nunca dizer uma palavra.

Cotidiano

Quando se trata de frases de flerte, o italiano faz seu coração bater mais rápido do que outras línguas

Cotidiano

Aquelas plataforma maravilhosas nos pés de Lady Gaga, no evento de posse de Joe Biden foram feitas pelo designer italiano Giuseppe Zanotti. Deixa o...

Arte & Cultura

Homenagem comemora o 250º aniversário do nascimento do compositor alemão Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Marido precisou pagar multa por quebrar o toque de recolher no país Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Interceptações telefônicas mostraram que italiano participava de grupos jihadista Deixa o seu comentário:

Itália no Brasil

Ser italiano é se emocionar com as coisas mais simples do mundo.  Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

A declaração do presidente americano, na véspera do Dia de Colombo, que ataca os extremistas Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Agilidade na forma de inscrição para a fila da cidadania no Consulado Italiano em SP Deixa o seu comentário:

Arte & Cultura

Muitos jovens brasileiros têm o sonho de viver e estudar na bella Itália, não só pela cultura milenar desse país, mas também pelas oportunidades de...

Arte & Cultura

Mão fechada em forma de concha já é muito utilizado em memes nas redes sociais Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

País registrou menos de 440 mil partos em 2018 Deixa o seu comentário: