Connect with us

Hi, what are you looking for?

Comer e beber

Polícia da Itália descobre negócio milionário de vinhos falsos

Quadrilha fabricava e vendia garrafas fraudadas do Sassicaia, um dos vinhos mais italianos mais célebres

Um negócio milionário de vinhos famosos falsificados foi desmantelado por autoridades italianas nesta quarta-feira (14). A quadrilha produzia réplicas perfeitas de garrafas e caixas do Sassicaia, um dos rótulos mais conhecidos da Itália.

Duas pessoas foram colocadas em prisão domiciliar, e outras 11 estão sob investigação, segundo a Guarda de Finanças do país.

Os investigadores rastrearam peças de falsificação que seriam usadas para embalar ao menos 1.100 caixas de Sassicaia 2015 (6.600 garrafas), que se fossem integralmente vendidas, representariam um faturamento de aproximadamente 2 milhões de euros (R$ 13,1 milhões).

No Brasil, uma garrafa de Sassicaia original chega a custar R$ 4 mil. No mercado internacional, o preço gira em torno de US$ 200 (R$ 1.100).

A cadeia de falsificação envolvia desde rótulos idênticos aos originais até caixas de madeira produzidas na Bulgária.

Negócio da China

Os vinhos seriam enviados a clientes endinheirados da Rússia e da China, que já haviam feito pedidos, sem saber que estavam comprando algo fraudado. Uma pequena parte da produção seria escoada no mercado italiano.

Os policiais encontraram um armazém perto de Milão em que os dois presos — pai e filho — engarrafavam e rotulavam um vinho de qualidade inferior produzido na Sicília. De lá, saíam cerca de 700 caixas por mês (4.200 garrafas) vendidas como Sassicaia.

No local, havia rótulos fielmente reproduzidos, inclusive com hologramas e selos de qualidade usados pelo conselho regulador da Toscana.

A estimativa dos agentes é que eles embolsavam cerca de 400 mil euros por mês (R$ 2,6 milhões).

Produzido na região da Toscana, o original Sassicaia, feito com pelo menos 80% de Cabernet Sauvignon, entra na categoria conhecida como Super Toscanos — nome dado aos vinhos italianos que utilizam uvas francesas.

LEIA TAMBÉM

Vinho italiano fatura R$ 50 bi e mantém Itália a principal produtora

Deixa o seu comentário:

Leia também:

Vida & Estilo

Vaticano é o maior consumidor de vinho: 100 garrafas per capita Deixa o seu comentário:

Negócios

75% dos italianos fizeram compras online durante o lockdown Deixa o seu comentário:

Destinos

Revista Travel+Leisure divulga a preferência dos seus leitores Deixa o seu comentário:

Esporte

Grande Prêmio da Toscana de Fórmula 1 será neste domingo, na casa da Ferrari Deixa o seu comentário: