Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Na Itália, marido morre de covid-19 e empresa contrata viúva, com 3 filhos

Bellusco, Monza, Brianza
Em Bellusco, na Itália, marido morre de coronavírus e empresa contrata viúva | Foto: Reprodução

Empresa na Itália para a qual trabalhava há 30 anos, decidiu contratar a sua esposa. “Não pude acreditar, é um gesto de uma imensa humanidade”

Em Bellusco, uma cidade com sete mil habitantes, na região de Monza, muitos conheciam Erminio Misani. Lugar onde nasceu há 54 anos, e sempre morou lá. 

Uma vida construída com muito sacrifício, com sua esposa Michela, para garantir o futuro para os três filhos. O casamento, a decisão de comprar uma casa geminada no centro da cidade, o compromisso no oratório, o voluntariado na comunidade. 

Erminio Misani, que morreu aos 54 anos de coronavírus: Empresa contratou sua esposa | Foto: Reprodução

Erminio e Michela haviam decidido juntos: ela ficaria em casa criando os filhos, ele sustentaria a família – graças a um emprego seguro em uma histórica empresa têxtil da cidade, a Lei Tsu.

LEIA MAIS

‘Nonnas’ italianas explicam como fazer o melhor molho para massas

Jornal lista 20 belos motivos para voltar à Itália após a pandemia

Mas, no final de março, tudo caiu: Erminio foi hospitalizado e em poucas horas o Covid-19 o levou embora. 

Michela foi deixada sozinha, com seus três filhos, com uma imensa tragédia para enfrentar e sem emprego, no limiar dos 50 anos. 

Gesto de uma humanidade

“Telefonei para um dos proprietários da empresa porque era obrigação notificá-lo. Erminio trabalhava com eles há 30 anos, para ele era como uma segunda família”, conta a esposa.

Já era tarde da noite, o empresário enviou imediatamente uma mensagem no grupo de WhatsApp da família para anunciar a morte funcionário. Todos se viram em uma vídeo chamada e em poucos minutos decidiram: “Vamos contratar a esposa de Erminio”. 

Assim foi feito. No dia seguinte, um dos sócios da empresa ligou para Michela e disse: “Há um lugar para você na empresa, Michela. Você pode começar quando quiser”.

Michela começará a trabalhar em 1º de junho. “Quando ouvi, fiquei sem palavras. Foram dias terríveis, parecia que tudo tinha desabado sobre mim, e esse gesto é de uma humanidade imensa, que nos ajuda de verdade”, falou Michela em reportagem publicada no Corriere della Sera, neste sábado (16).

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Economia

Cavargna é a cidade com os rendimentos mais baixos de toda a Itália

Cotidiano

Vários monumentos italianos passaram a noite desta quinta-feira (10) às escuras em forma de protesto contra o aumento do preço da energia. Deixa o...

Cotidiano

Terremoto em Milão, epicentro na província de Bergamo: magnitude estimada em 4,4

Cotidiano

Meteorologista alerta para tempestade de neve no Piemonte, Lombardia, Ligúria e Vêneto

Cotidiano

Cerca de 70 famílias moravam no local e tiveram tempo de fugir; 20 pessoas inalaram fumaça. Não há vítimas graves

Cotidiano

A Pesca Magnética ou Pesca com Ímã é um esporte que começou a se espalhar pela Itália. Mas do que se trata exatamente?

Arte & Cultura

Município deu nome ao tom rosa intenso após batalha sangrenta no século 19

Cotidiano

A partir desta quinta-feira (3), todos os italianos elegíveis poderão fazer o agendamento da vacinação anti-Covid. Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Pesquisa revela que grupos mafiosos tiveram faturamento de mais de 2,2 bilhões de euros em 2020.

Turismo

Após o anúncio da reabertura, há um boom de reservas para o verão na Itália: "33% em poucos dias".

Destinos

O novo guia National Geographic homenageia a Lombardia incluindo 11 locais imperdíveis.

Cotidiano

Calábria, Lombardia, Emilia-Romagna, Friuli Venezia Giulia, Piemonte e Toscana voltam para a zona menos restritiva.