Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

Italianismo

Cotidiano

Médica italiana vacinada contra Covid há 6 dias testa positivo

“Tive resultado positivo para o Covid, mas tomaria a vacina novamente” disse a médica.

médica italiana vacinada
Médica italiana vacinada contra Covid há 6 dias testa positivo

Uma médica italiana, na Sicília, que foi vacinada contra o Covid-19 há seis dias, foi diagnosticada com a doença, informaram as autoridades sanitárias da Itália.

Antonella Franco, diretora do Departamento de Doenças Infecciosas do hospital Umberto I de Siracusa, está entre os primeiros a serem imunizados no país. A vacina utilizada é a desenvolvida pela farmacêutica Pfizer em parceria com o laboratório alemão BioNTech.

“Tive resultado positivo para o Covid, mas tomariaa vacina novamente e farei o recall que representa a única grande oportunidade que temos de vencer essa batalha” disse a médica em entrevista publicada no Corriere.

A médica foi hospitalizada neste sábado (2) e está sendo acompanhada, mas não apresenta sintomas.

A hipótese é de que a contaminação não esteja correlacionada com a eficácia da vacina, porque a suspeita é de que o vírus já estava incubado antes da imunização.

O presidente do Conselho Superior de Saúde da Itália, Franco Locatelli, explicou neste domingo (3) que a proteção imunológica contra a infecção pelo vírus “só está completa após a administração da segunda dose da vacina anti-Covid-19”.

“Em artigos científicos é claramente relatado que mesmo em estudos clínicos as pessoas foram infectadas após a primeira dose, precisamente porque a resposta imunológica ainda não é completamente protetora. E só se torna assim após a segunda dose. Esse é um dos motivos para não abandonarmos o comportamento responsável após a vacinação”, alertou.

Todos em observação

Nos últimos dias, Antonella havia ido, junto com um primeiro grupo de pessoas pertencentes à equipe de saúde de Siracusa, até Palermo para a administração das doses do imunizante.

A atenção agora está voltada para todos que entraram em contato com a médica, inclusive aquelas que estavam no mesmo ônibus durante a viagem e outras que ela conheceu durante os procedimentos de vacinação.

Até o momento, não foram registrados outros casos semelhantes entre os profissionais de saúde da região.

De acordo com a Agência Italiana de Medicamentos (Aifa), a eficácia da vacina atualmente administrada na Itália foi demonstrada uma semana após a segunda dose.

“Embora seja plausível que a vacinação proteja contra a infecção, os vacinados e as pessoas que estão em contato com eles devem continuar a adotar medidas de proteção anti-Covid-19”, finalizou. 

Com informações da Agência Ansa

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cotidiano

A Igreja Católica beatificou o juiz italiano Rosario Livatino, assassinado em 1990 pela máfia em Agrigento, na Sicília, Itália. Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Com mais 50 milhões de doses, Itália deve ter 60% dos italianos vacinados até julho.

Cotidiano

Futuro do turismo dependerá do reconhecimento dos imunizantes de China e Rússia por destinos mais populares.

Cotidiano

Cidade com cerca de 80 mil habitantes será escolhida para a fase 3 de testes da vacina italiana

Cotidiano

Pesquisa revela que grupos mafiosos tiveram faturamento de mais de 2,2 bilhões de euros em 2020.

Cotidiano

Nonna Marietta nasceu em 16 de abril de 1909 e nesta semana completou o segundo aniversário em uma época de pandemia. Deixa o seu...

Cotidiano

Os dados foram atualizados nesta sexta-feira e incluem também o fim de semana da Páscoa.

Comer e beber

Conheça receitas típicas de Páscoa na Itália, de norte a sul.

2016-2021 – Permitida a reprodução de qualquer conteúdo desde que citado, obrigatoriamente, o Italianismo.