Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Lockdown na Itália: a fuga das áreas vermelhas

lockdown italia
Com medo do lockdown, moradores deixam Piemonte e Lombardia

Lombardos e piemonteses partem para uma segunda casa na Ligúria, a região “amarela”

Incomodados com as regras impostas pelo governo italiano, milhares de lombardos e piemonteses deixaram as áreas vermelhas rumo à segunda residência na Riviera da Ligúria, na área amarela, por exemplo. A fuga começou assim que o governo anunciou um novo lockdown na Itália, que começou a vigorar nesta sexta-feira (6).

Durante a madrugada, as rodovias que dão acesso às regiões menos atingidas pelo covid-19 ficaram congestionadas, segundo jornais locais.

A divisão por cores das 20 regiões da península, em vermelho para aquelas com alto contágio, laranja para médio, e amarelo para moderado, anunciada no dia anterior pelo primeiro-ministro Giuseppe Conte, afeta principalmente as regiões de Lombardia e Piemonte, motores da economia.

Além delas, também estão designadas como vermelhas Calabria e Vale de Aosta, o que levou seus governantes regionais a protestarem.

Nessas quatro regiões só será permitido sair de casa para trabalhar ou ir à escola, enquanto os comércios não-essenciais deverão permanecer fechados, não será permitido sair do próprio município de residência – com algumas exceções – e todos os bares e restaurantes serão fechados.

“Os proprietários de segundas residências são sempre bem-vindos”, disse o prefeito de Bordighera, Vittorio Ingenito, mostrando não estar preocupado com a invasão de novos residentes em sua cidade, e eventual sobrecarga no sistema de saúde local.

“Se o governo tivesse previsto esse fenômeno, que é amplamente previsível, poderia tê-lo regulamentado. Portanto, não somos nós que vamos levantar barricadas”, completou o prefeito da Ligúria.

Motivos para um novo lockdown

A Itália registrou nesta quinta-feira (5) mais 445 mortes causadas pelo novo coronavírus, maior número para um único dia desde 2 de maio, quando haviam sido contabilizados 474 óbitos.

Além disso, o boletim atualizado do Ministério da Saúde registra 34.505 novos casos de contágio nesta quinta, recorde no país desde o início da pandemia. Com isso, o total de pessoas já infectadas na Itália chegou a 824.879, enquanto o número de vítimas subiu para 40.192.

Segundo o Ministério da Saúde, o país também tem 312.339 pacientes curados e um recorde de 472.348 casos ativos. Desse total, 2.391 estão internados em UTIs, maior número desde 21 de abril (2.471), ainda antes do fim do lockdown nacional.

LEIA TAMBÉM

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.