Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Itália quer penalizar uso de palavras em inglês para preservar a língua italiana

Deputado apresentou um projeto de lei que tem o apoio da primeira-ministra Giorgia Meloni

Itália quer penalizar uso de palavras em inglês para preservar a língua italiana
Itália quer penalizar uso de palavras em inglês para preservar a língua italiana

Os italianos que usarem inglês e outras palavras estrangeiras em comunicações oficiais podem enfrentar multas de até € 100.000 (R$ 550 mil) sob a nova legislação introduzida pelo partido Irmãos da Itália, da primeira-ministra Giorgia Meloni.

Fabio Rampelli, deputado da Câmara dos Deputados, apresentou a legislação, que tem o apoio de Meloni.

Embora a legislação abranja todas as línguas estrangeiras, ela é particularmente voltada para a “anglomania” ou uso de palavras em inglês, que o projeto afirma “rebaixar e mortificar” a língua italiana, acrescentando que é ainda pior porque o Reino Unido não faz mais parte do União Europeia.

O projeto de lei, que ainda não foi submetido a debate parlamentar, exige que qualquer pessoa que exerça cargo na administração pública tenha “conhecimento escrito e oral e domínio da língua italiana”.

Ele também proíbe o uso do inglês em documentação oficial, incluindo “siglas e nomes” de cargos em empresas que operam no país.

As entidades estrangeiras teriam que ter edições em italiano de todos os regulamentos internos e contratos de trabalho, de acordo com um projeto de lei visto pela CNN.

“Não é só uma questão de moda, como as modas passam, mas a anglomania repercute na sociedade como um todo”, afirma o projeto de lei.

O primeiro artigo da legislação garante que mesmo em escritórios que lidam com estrangeiros não falantes de italiano, o italiano deve ser o idioma principal usado.

O artigo 2 tornaria o italiano “obrigatório para a promoção e uso de bens e serviços públicos no território nacional”. Não fazer isso pode gerar multas entre € 5.000 (R$ 27,5 mil) e € 100.000 (R$ 550 mil).

De acordo com a proposta de lei, o Ministério da Cultura estabeleceria um comitê cujo mandato incluiria “o uso correto da língua italiana e sua pronúncia” nas escolas, mídia, comércio e publicidade.

A medida para proteger a língua italiana se junta a uma oferta existente do governo para proteger a culinária do país, que proíbe a chamada cozinha sintética ou baseada em células devido à falta de estudos científicos sobre os efeitos dos alimentos sintéticos, bem como “para salvaguardar o patrimônio de nossa nação e nossa agricultura baseada na dieta mediterrânea”,  disse o ministro Orazio Schillaci em entrevista coletiva.

Na semana passada, os ministros da Cultura e Agricultura da Itália inscreveram oficialmente a culinária italiana na candidatura ao status de Patrimônio Mundial da Unesco, que será decidido em dezembro de 2025. (CNN)

Foto: depositphotos.com

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Itália no Brasil

Programa percorre cidades brasileiras para mostrar a influência e o legado do povo italiano no país.

Cidadania Italiana

Projeto de Lei no Senado Italiano gera debate sobre possíveis mudanças na cidadania italiana.

Cidadania Italiana

Val di Zoldo: Desafios administrativos, protestos e o embate com a cidadania ítalo-brasileira.

Cotidiano

Facilite sua vida na Itália em 2024 com esses 16 aplicativos essenciais.

Cotidiano

Itália desafia limites: Quer a construção da ponte suspensa mais longa do mundo.

Cidadania Italiana

Subsecretário italiano afirma que a Lei 91 de 92, que rege a cidadania no país, está adequada e não deve ser alterada.

Cidadania Italiana

As regras para obtenção de cidadania italiana por meio de ascendência vão mudar em 2024? O que dizem os profetas do medo?

Arte & Cultura

Russell Crowe revela orgulho por suas raízes italianas durante o Festival de Sanremo.

Destinos

Preparando o terreno: estratégias inteligentes para economizar nas reservas de voos para a Itália.

Cidadania Italiana

A italianidade que corre nas veias: por que limitar o direito à cidadania?

Estilo de vida

Descubra as razões por trás da diferença entre o Dia dos Namorados no Brasil e na Itália.

Cotidiano

Deputado Fabio Porta insta governo italiano a agir com urgência no acordo de conversão de CNH com o Brasil.