Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Arte & Cultura

Itália quer mapear cenários de cinema para ajudar produtores

Johnny Depp e Angelina Jolie em cena pelos canas de Veneza para o filme "O turista"
Se tudo correr como esperado, a nova lei pretende entrar em vigor à partir do dia primeiro de janeiro de 2017.

A Itália começará a debater na Câmara dos Deputados uma nova lei para o cinema que tem, entre outros pontos, um projeto para criar um site que mapeie lugares, monumentos e outros cenários para produções cinematográficas.

O portal tem a pretensão de mapear locais que são, em geral, procurados para filmagens, como palácios barrocos, praças medievais e, dessa forma, facilitar a vida da produção das obras. Isso porque os produtores poderiam acessar virtualmente e consultar as disponibilidades do local, as características e até os custos para filmagens nos cenários. Os trabalhos estão sendo feitos em parceira com o Film Commission de cada região.

Segundo o ministro dos Bens Culturais, Dario Franceschini, essa lei “é esperada desde 1965” e, com a aprovação do Senado, “deve ser aprovada na Câmara de maneira rápida”.

“O cinema é um veículo de promoção do nosso país. O trabalho que estamos fazendo com a nova lei do Cinema é para trazer de volta grandes produções à Itália. Um filme italiano de qualidade ou um filme estrangeiro que se passa na Itália vale muito em relação à publicidade de turismo. Mais do que uma campanha publicitária paga”, declarou Franceschini ao jornal “Il Messagero”.

Franceschini ainda disse que a mudança significa mais recursos, já que estipula um fundo mínimo de 400 milhões de euros destinados a crescer em 2017.Isso porque, será fixado um recolhimento de cerca de 11% da arrecadação com o imposto de renda de empresas do setor e com o imposto sobre valor agregado.

“Assim, terminaremos com o debate de cada governo que, dependendo do momento e com base na situação das contas públicas, diminuía ou aumentava o Fus [Fundo Único para os Espetáculos], deixando a indústria cinematográfica com uma incerteza de valores”, finalizou Franceschini. (por ANSA)

 

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do editor

Estilo de vida

Por que não adotar o sobrenome do seu marido na Itália: Entenda os motivos.

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Comer e beber

Verdade ou mito: Os italianos realmente comem pasta todos os dias?

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cidadania Italiana

Os brasileiros estão entre as dez nacionalidades que mais obtiveram uma cidadania da União Europeia em 2022.

Turismo

Iniciativa conta com 28 municípios divididos em 10 regiões

Cidadania Italiana

Brasil destaca-se como o 4º país com mais cidadãos adquirindo nacionalidade italiana.

Cidadania Italiana

O ius soli é um problema falso, não é necessário: os números desconstroem a narrativa da esquerda, segundo jornalista.

Arte & Cultura

Russell Crowe se apresentará no anfiteatro de Pompeia.

Cinema italiano

Massimiliano Narciso trabalhou como designer de ‘War is Over’ no curta-metragem de animação inspirado na música de John e Yoko.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo