Connect with us

Hi, what are you looking for?

Cotidiano

Itália deve ter bolsa mensal para filhos até os 18 anos

Pagamento seria de até € 200 por mês. Projeto está na lei orçamentária para 2021

O governo da Itália anunciou nesta semana um projeto que prevê o pagamento de um auxílio universal de até 200 euros mensais (equivalente a cerca de R$ 1,3 mil) por filho menor de idade às famílias do país. O bolsa filho deverá sera pago até até os 18 anos.

Segundo a agência de notícias Ansa, a medida – apelidada de “bolsa filho” – foi incluída na proposta de lei orçamentária para 2021 e começaria a ser paga em julho do ano que vem.

“Disponibilizamos os recursos para iniciar o auxílio universal para famílias com filhos, que poderá chegar a 200 euros por mês por cada filho, em todas as tipologias de família, a partir de 1º de julho”, disse o ministro da Economia, Roberto Gualtieri, em coletiva de imprensa em Roma.

Segundo Gualtieri, de centro-esquerda, o “bolsa filho” deve custar até 6 bilhões de euros no ano que vem. Considerando o período de seis meses e o valor máximo de 200 euros, isso significaria uma bolsa mensal para cerca de 5 milhões de menores de idade.

O ministro, no entanto, não divulgou ainda os detalhes da iniciativa. Em junho passado, o governo italiano havia informado que o plano era pagar o benefício do sétimo mês de gravidez até o 18º aniversário. Para filhos com deficiência física e mental, o auxílio seria vitalício.

A Itália acumula cinco anos seguidos de queda em sua população e teve em 2019 cerca de 435 mil nascimentos, menor número já registrado pelo Instituto Nacional de Estatística (Istat).

Com isso, os diferentes governos que comandaram o país recentemente tentaram criar uma série de programas para incentivar a natalidade, mas nenhum foi suficiente para reverter a tendência.   

LEIA TAMBÉM

Itália é um dos melhores países para criar um filho, diz ranking

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Facebook

Leia também:

Arte & Cultura

Consórcio oferece cursos à distância de língua e cultura Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

País registrou menos de 440 mil partos em 2018 Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

A Itália já acumula seguidos anos de redução populacional e busca maneiras de incentivar os casais a terem mais filhos Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Renda de cidadania na Itália atenderá 1,4 milhão de famílias Deixa o seu comentário:

Vida & Estilo

Estudo divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística da Itália (Istat) na quarta-feira (28) mostrou que o número de nascimentos no país caiu novamente em...

Estudar na Itália

As inscrições devem ser feitas exclusivamente online até o dia 10 de maio. Deixa o seu comentário: