Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Itália no Brasil

Em agosto, 92ª Festa da Achiropita celebra cultura italiana no Bixiga

Festa da Achiropita é quase centenária em SP

Diversos pratos típicos da Itália são preparados em homenagem à padroeira

De 4 de agosto a 2 de setembro, acontece a 92ª edição da tradicional Festa da Nossa Senhora da Achiropita, realizada no bairro do Bixiga. Em homenagem à padroeira do bairro, o festejo atrai cerca de 250 mil pessoas anualmente, revertendo todo dinheiro arrecadado para as obras sociais da Paróquia.

Com entrada gratuita, a celebração conta com 30 barracas (deliciosas) instaladas pelas ruas 13 de Maio, São Vicente e Luiz Barreto, oferecendo pratos típicos da culinária italiana.

Não sabe o que comer na festa? Confira o cardápio clássico:

Peperone Al Forno | Pimentão vermelho assado, recheado com carne de primeira, azeitona, ovos cozidos, salsinha e cebola, coberto com queijo ralado
Melanzana Al Forno | Berinjela recheada com carne moída, ovos cozidos e azeitonas, coberto com molho e queijo ralado
Fogazza | A tradicional massa especial recheada com muzzarela, tomate e orégano
Macarrão | Spaguetti ou penne a moda d’Achiropita
Fricazza | Pizza com massa alta especial coberta de calabresa e muzzarela

Além de antepastos variados, polenta frita pão italiano, churrasco na brasa e muitas outras opções.

Equipes de voluntárias preparam fogazzas. Foto: divulgação

A história

No início do século XX, os primeiros imigrantes italianos chegaram ao bairro do Bixiga. Junto com eles, uma imagem de Nossa Senhora Achiropita, que ganhou um altar de madeira na rua de terra batida. Missas e festas eram realizadas na região com o objetivo de construir uma capela para ela.

Nossa Senhora Achiropita foi ganhando espaço, cativando e mobilizando cada vez mais os moradores. Durante a Segunda Guerra Mundial as quermesses tiveram de cessar. Mas as festas voltaram com força na década de 1950 e, desde então, só crescem.

Na década seguinte, surgiu a primeira barraca de comida. Senhoras da comunidade vendiam sanduíches de pernil, que foram muito bem recebidos pelos participantes.

Provavelmente, nesta época, os organizadores nem imaginavam que o sucesso seria tanto e que seria preciso toneladas de alimento para a preparação dos diversos pratos italianos. Nem imaginavam que uma barraca, que apareceu pela primeira vez em 1979, venderia em apenas uma noite 12 mil fogazzas!

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Cidadania Italiana

Especialistas se reúnem em Padova para discutir os desafios e implicações da cidadania italiana para descendentes.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais

Viagem e Turismo

Prefeito também justificou nova taxa de acesso à cidade.

Cotidiano

Estudo assoalhar quantos estrangeiros vivem em Verona e nos municípios da província.

Cidadania Italiana

A cidadania italiana de Giovanna Ewbank: uma narrativa de rápido sucesso ou marketing disfarçado?

Arte & Cultura

Cônsul Caruso destacou que 'criar valor está no DNA da cidade'

Arte & Cultura

Público terá acesso a relíquias da cultura Daunia

Turismo

Região recebeu um investimento significativo em infraestrutura, totalizando 3,5 milhões de euros.

Arte & Cultura

‘DanteDì’ é comemorado anualmente em 25 de março.