Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Estilo de vida

Conheça as lendas do Dia dos Namorados que é comemorado hoje na Itália

“Giorno di San Valentino”: o Dia dos Namorados na Itália é no dia 14 de fevereiro

Hoje, 14 de fevereiro é o Dia dos Namorados na Itália e em muitos dos países da Europa, nas Américas e no Extremo Oriente. Mas afinal, por que o dia dos namorados, ou o dia de San Valentino é comemorado nesta data?

A origem do dia de San Valentino coincide com a tentativa da igreja católica de cristianizar o ritual pagão da fertilidade.

Para os antigos romanos, fevereiro era a época de preparação para o período do renascimento. As festas em homenagem a Luperco, entidade protetora dos campos e dos rebanhos, ocorriam no dia 15 de fevereiro, cinco semanas antes do início da primavera.

Com o intuito de substituir as comemorações libertinas, o papa Gelasio, no final do século V, acolheu as lendas sobre San Valentino e instituiu sua celebração em 14 de fevereiro, extinguindo as festas lupercais e apropriando-se da sua tradição.

Entre as muitas lendas que surgiram ao longo dos séculos, destaca-se a de um centurião que se apaixonou por Serapia, mas não podiam se casar pois ele era pagão e ela de uma família cristã. San Valentin então o batizou e celebrou o casamento deles para que pudessem viver o seu amor.

Há também uma lenda que diz que o santo deu uma rosa de seu jardim a um casal que estavam brigando. Disse para que eles fizessem as pazes, orando e segurando juntos essa rosa. Depois de um tempo o casal pediu para que o bispo celebrasse o casamento deles, assim outros casais passaram a pedir a mesma benção ao bispo.

Outra lenda diz que o imperador Claudio, por não ter voluntários suficientes para fazer parte do seu exercito para aumentar o império romano, proibiu casamentos. O motivo de não ter voluntários era justamente porque os homens não queriam deixar suas mulheres e filhos. San Valentino então, celebrava casamentos às escondidas até ser descoberto, mantido em prisão e depois foi executado durante a noite para não despertar fúria dos seus fieis.

Enquanto estava preso, o sacerdote apaixonou-se perdidamente pela filha cega de um de seus carcereiros que, sob o efeito da paixão, recuperou a visão milagrosamente.

Apesar de todo o romantismo, o santo foi decapitado em Roma no dia 14 de fevereiro de 269 d.C., em Terni, na Umbria.

 

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.

Cidadania Italiana

Rodrigo Faro se defende de acusações de envolvimento em esquema de falsificação de documentos para cidadania italiana

Cidadania Italiana

Apresentador de TV, empresários e jogadores de futebol têm processos de cidadania italiana cancelados na região de Nápoles.

Itália no Brasil

Diante do público cada vez maior, desafio é garantir boa estrutura para atender bem os visitantes.

Cotidiano

Meloni apresentou queixa antimáfia sobre fluxos migratórios.

Cidadania Italiana

Suspensão temporária das audiências durante o período eleitoral e possível greve dos juízes afeta ítalo-brasileiros.