Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Estilo de vida

Bisneto de Mussolini defende legado de fascista: ‘um período muito complicado e complexo’

Caio Mussolini está concorrendo a uma cadeira no Parlamento Europeu. Foto: Alessandro Di Marco/EPA-EFE/Shutterstock

Caio Mussolini está concorrendo a uma cadeira no Parlamento Europeu

O bisneto do ditador fascista italiano Benito Mussolini defendeu o legado de seu bisavô, dizendo que a época foi “um período muito complicado e complexo”.

“Você não pode defini-lo em termos de certo ou errado, bom ou ruim”, disse aos repórteres presentes. Caio está concorrendo a uma cadeira no Parlamento Europeu.

Enquanto o jovem Mussolini evitou referências explícitas à ideologia fascista no passado, ele repetidamente insinuou que enxerga seu bisavô — que governou a Itália de 1925 a 1945 — como uma inspiração. Mussolini ainda é popular para muitos italianos ainda hoje, que dizem que ele modernizou o país antes de prejudicar sua reputação com leis racistas e uma aliança com Adolf Hitler.

Embora ele reconheça que as leis anti-judaicas de 1938 foram “um erro” e “uma vergonha”, o jovem Mussolini disse que o período fascista também deixou sua marca positiva na Itália, incluindo sua infraestrutura e rede rodoviária. E apesar de ainda ser um crime defender o fascismo na Itália, ele disse que a proibição atual da saudação fascista deve ser estendida ao punho erguido dos comunistas, informou o The Times of Israel.

Em uma recente entrevista ao Corriere della Sera, Caio Mussolini afirmou que ele não é um fascista, mas em 16 de abril estaria programado para realizar uma palestra sobre a doutrina fascista em um evento em Pádua. A palestra foi cancelada no último minuto, logo após a imprensa ter informado que ele seria o convidado de honra.

Além de seu tempo na marinha italiana, ele também era o representante do Oriente Médio para a maior empresa de defesa do país antes de entrar na política. “Minha experiência me dá um background em relações internacionais”, disse ele ao The Times of London.

A estreia política do jovem Mussolini deu origens a protestos no mês passado e culminou no Facebook derrubando o seu perfil. Se ele ganhar, ele seria o terceiro descendente do ditador italiano para ocupar cargos públicos.

Rachele Mussolini, 44, neta de Il Duce, é membro do conselho da cidade de Roma. Sua meia-irmã, Alessandra Mussolini, 52, é uma parlamentar da União Européia para o partido Forza Italia, de Silvio Berlusconi.

Defensora de seu avô, Alessandra Mussolini esteve recentemente envolvida em uma briga no Twitter com o ator Jim Carrey, que twittou um desenho do cadáver linchado do ditador.

Por 

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.