Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Apenas 12% dos italianos rejeitam vacina contra Covid

Rejeição à vacina contra a Covid-19 chega a 25% nos EUA e 40% na França. Resistência é mais baixa na Itália (12%)

vacina contra Covid
Apenas 12% dos italianos rejeitam vacina contra Covid | Foto: Matteo Bazzi/EPA

A Itália tem a menor parcela de pessoas que rejeitam a vacina contra a Covid-19. Cerca de 12% dos italianos afirmam que, definitivamente ou provavelmente, não devem se imunizar, de acordo com pesquisa feita pela consultoria Kantar Public.

Com 40%, a França tem a maior parcela de pessoas que se opõem à vacinação – cerca de quatro em cada 10 franceses não pretendem tomar a vacina.

O ceticismo é alto também na Alemanha e nos EUA: 26% dos americanos e 23% dos alemães rejeitam a imunização.

O resultado mostra o tamanho do desafio que muitos governos devem enfrentar para vacinar a população.

Quantos vacinados na Itália? Site informa dados em tempo real

Além da Itália, a resistência contra a vacina da Covid é baixa também no Reino Unido (14%) e na Holanda (17%), segundo o levantamento conduzido entre os dias 13 e 26 de janeiro, em sete países.

Isso revela uma correlação entre a relutância à vacinação e a confiança nos respectivos governos.

Apenas 11% dos cidadãos nos Estados Unidos e 13% dos franceses dizem que seus governos são fontes confiáveis de informação sobre as vacinas. Na Holanda e no Reino Unido, a confiança no governo é de 30%.

O estudo também sugere que o ritmo de vacinação em cada país também está ligado à confiança nas vacinas e nos governos.

Mais de 60% dos entrevistados britânicos responderam que estavam satisfeitos ou muito satisfeitos com a velocidade da campanha de vacinação no Reino Unido, enquanto apenas 31% respondem o mesmo na França – que tem o ritmo de vacinação mais lento da União Europeia (UE).

No entanto, na Holanda – que até agora conseguiu entregar uma dose para apenas 1,8% da população, bem abaixo da média europeia –, 58% dos entrevistados dizem que estão satisfeitos com a campanha nacional de imunização.

Em todos os sete países que participaram da pesquisa – Itália, França, Alemanha, Holanda, Índia, Reino Unido e Estados Unidos –, médicos de família e autoridades nacionais de saúde foram considerados como fontes de informação muito mais confiáveis quando o assunto é vacina.

Em média, os profissionais são considerados confiáveis por 39%, e as autoridades de saúde por 41%.

Resistência

A pesquisa também indicou que homens, em geral, demonstram menos resistência às vacinas, com 74% dizendo que definitivamente ou provavelmente buscariam a vacinação.

Entre as mulheres, 69% dão a mesma resposta. Além disso, a resistência à vacina é maior entre pessoas mais jovens.

Mais da metade dos franceses entre 25 e 34 anos, e um terço dos holandeses na mesma faixa etária, dizem que definitivamente ou provavelmente não se vacinariam.

Na média dos sete países pesquisados, apenas 32% dos jovens entre 18 e 24 anos dizem que pretendem receber as aplicações.

Entre todos os sete países, as preocupações com a saúde são citadas como o principal fator para a resistência: quase metade dos entrevistados com baixa probabilidade de buscar a vacina diz que está preocupada com a segurança, enquanto 29% querem ter mais informações sobre a imunização. (Com agências internacionais)

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Variedades

Iniciativa quer combater despovoamento de áreas montanhosas.

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Turismo

Alta temporada no país vai de junho a setembro.

Arte & Cultura

Exposição 'Life as a Scientist' será aberta no dia 21 de junho.

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Gastronomia

Referência da gastronomia, TasteAtlas partilha os seus rankings com base na experiência do consumidor.

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.