Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Estilo de vida

10 erros comuns ao se mudar para a Itália

Evite deslizes e desfrute ao máximo da ‘la dolce vita’ italiana.

mudar para a Itália
10 erros comuns ao se mudar para a Itália | Foto: DespositPhotos

Quando você decide se mudar para a Itália, é natural cometer alguns erros no início da jornada. Aqui estão 10 erros comuns que você deve evitar ao se estabelecer no país.

1 – Fazendo apenas amigos expatriados

Uma das primeiras coisas que você provavelmente notará ao se mudar para a Itália é que as relações e contatos são de extrema importância. Isso não se deve apenas ao fato de os italianos gostarem de ser amigáveis, mas também ao fato de que a Itália pode ser um lugar complicado, e sua burocracia pode confundir até mesmo os nativos.

Frequentemente, as informações cruciais para viver uma vida rica e plena na Itália estarão escritas em italiano ou em um inglês ruim, se estiverem escritas. Fazer amigos italianos desde o início lhe dará uma vantagem quando se trata de viver na Itália, pois eles poderão orientá-lo quando você não encontrar as informações de que precisa. Então vale a pena fazer um esforço extra para fazer amizade com os locais.

2 – Contar com tudo aberto na hora que você quiser

A Itália é frequentemente chamada de “um país de pequenas e médias empresas”. Embora isso tenha implicações positivas na economia do país, também significa algo muito importante para as pessoas comuns: quase tudo fecha na hora do almoço.

Na Itália, quase tudo fecha na hora do almoço
Na Itália, quase tudo fecha na hora do almoço | Foto: DespositPhotos

Embora você possa ouvir pessoas dizerem que isso não é mais verdade na Itália, se você sair das áreas turísticas ou do centro de Milão, certamente encontrará escritórios públicos, bancos e lojas fechadas no início da tarde. A única exceção são os supermercados grandes e as lojas de rua, mas até esses podem estar fechados aos domingos.

3 – Não tirar a tarde inteira para um compromisso

Uma vez que você opta em se mudar para a Itália, estará apenas tentando viver sua vida cotidiana — contas, chefes, horários de trabalho e compromissos incluídos —, mas em um idioma diferente e a um ritmo muito diferente.

Mudar-se para um novo país sempre envolve alguma burocracia, mas a Itália tem a reputação de ser burocrática por um motivo. As coisas se movem de forma quase cômica, devagar, e isso pode ser duplamente frustrante se você tiver que estar em outro lugar.

Isso varia dependendo de onde você está no país. Os escritórios públicos em Milão, por exemplo, estão um pouco mais bem preparados para atender às necessidades dos residentes internacionais do que os de uma pequena vila na Sicília, por exemplo.

Como regra geral, é melhor reservar algumas horas para compromissos que envolvam burocracia, bancos ou assistência médica, a menos que você queira o estresse adicional de seu chefe ligando enquanto você está discutindo com um funcionário do governo local. Antes de enfrentar a fila no comune, verifique se agora é possível fazer algumas coisas online.

O Italianismo tem um artigo sobre os serviços online: Fuja das filas: 16 serviços online para evitar a burocracia italiana

4 – Esquecer de validar os bilhetes de trem

Se você viajar de trem na Itália, verá máquinas na plataforma (geralmente verdes ou amarelas). Elas são usadas para validar seus bilhetes de trem.

Na Itália, você precisa validar o seu bilhete na máquina antes de embarcar no trem | Foto: DespositPhotos
Na Itália, você precisa validar o seu bilhete na máquina antes de embarcar no trem | Foto: DespositPhotos

Você precisa inserir seu bilhete na máquina antes de embarcar no trem. Caso contrário, poderá ser multado e/ou retirado do trem pelo fiscal quando estiver em trânsito. A multa é salgada.

5 – Dar gorjeta sempre que vai a um bar ou restaurante

No Brasil, é comum deixar uma gorjeta de 10 por cento, mas não há realmente uma cultura de gorjetas na Itália. Se você quiser deixar uma gorjeta, basta arredondar a conta para o valor mais próximo de 0 ou 5 e estará bom.

6 – Achar que pode usar cartões bancários em qualquer lugar

Por lei, as empresas na Itália agora são legalmente obrigadas a aceitar pagamentos com cartão para todos os itens. A regra foi introduzida pelo governo anterior de Draghi em junho de 2022. No entanto, como mencionado anteriormente, a Itália é um país de “pequenas e médias empresas”, o que tem implicações aqui também.

Na Itália agora são legalmente obrigadas a aceitar pagamentos com cartão para todos os itens
Por lei, na Itália as empresas devem aceitar pagamentos com cartão para todos os itens

Não é incomum encontrar pequenas lojas independentes que anunciam pagamentos com cartão, mas que a máquina está misteriosamente quebrada. Se funcionar, pode demorar tanto para o pagamento ser processado que você desiste e paga em dinheiro.

Portanto, é sempre prudente carregar dinheiro enquanto realiza suas atividades diárias, apenas por precaução.

7 – Beber demais em festas

Os italianos bebem muito menos do que a maioria dos brasileiros.

Obviamente, isso é uma generalização, mas as estatísticas mostram que, quanto mais ao sul da Itália você for, menos as pessoas — especialmente as mulheres — bebem fora das refeições. Portanto, se você quiser fazer amigos ou fazer contatos em sua próxima festa italiana, é uma boa ideia não exagerar na bebida.

Mesmo quando os jovens italianos afirmam que bebem “muito”, esta provavelmente será uma quantidade sensata pelos padrões da maioria das culturas do norte da Europa. Beber tanto a ponto de começar a gritar, cair, brigar ou dizer a estranhos que você os ama está longe de ser o padrão.

Afinal, andar bêbado pelas ruas da Itália dificilmente é “la bella figura“.

8 – Achar que pode usar uber – ou um táxi

Você pode ter notado isso em visitas anteriores à Itália, mas aplicativos de transporte como o Uber não existem aqui — pelo menos não da maneira que você pode estar acostumado em outros lugares.

Embora você possa, é claro, pegar um táxi tradicional se estiver em uma grande cidade, você também pode descobrir que os moradores locais simplesmente não os usam, e como resultado, os táxis de qualquer tipo são muito escassos em outras áreas, incluindo grandes cidades provinciais.

9 – Ligar a máquina de lavar roupa à noite

A maioria das pessoas mora em prédios de apartamentos na Itália e, em algumas áreas, geralmente no norte do país, existem leis sobre os horários em que é permitido fazer barulho e ligar a máquina de lavar roupa.

As regras precisas variam de prédio para prédio, mas se você não quiser atrair a ira de um vizinho exagerado, termine sua lavagem até às 22h – mesmo que o custo da energia seja menor depois das 20h.

10 – Beijar ou não beijar

As regras de beijo são um pesadelo para estrangeiros na Itália, pois não existe uma regra geral que diga como se comportar: o que é culturalmente normal em uma parte do país é menos normal em outra.

Geralmente, homens e mulheres podem (mas nem sempre) dar um beijo em cada bochecha para cumprimentar e se despedir na maioria das regiões do país. No centro-norte, é menos comum os homens se cumprimentarem assim. No entanto, em muitas partes do sul, especialmente na Sicília, os homens dão um beijo em ambas as bochechas ao se cumprimentarem.

Com seus amigos, um bom conselho é seguir o exemplo de outras pessoas: se elas estão acostumadas a dar um beijo, provavelmente vão avisar e dizer “un baccio” antes de se aproximar para o beijo.

Conhece outros erros comuns cometidos por imigrantes ao se mudar para a Itália? Comente abaixo.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Destaque do Editor

Descubra como obter a cidadania italiana de forma segura e eficiente!

Estilo de vida

A Festa della Mamma foi introduzida no calendário na década de 1950

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

A cidadania italiana de Giovanna Ewbank: uma narrativa de rápido sucesso ou marketing disfarçado?

Cidadania Italiana

Senador Roberto Menia reforça críticas sobre reconhecimento da cidadania italiana no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania negada: Quando a sobriedade é muito mais que uma questão de etiqueta.

Itália no Brasil

Consulado Geral da Itália em São Paulo: Uma pequena itália na maior metrópole brasileira.

Economia

Consultoria fez estudo sobre taxa de sobrevivência de companhias.

História

Roma: a cidade imponente, erguida sobre os alicerces da história, celebra seu aniversário em 21 de abril

Esporte

Eventos em memória do brasileiro vão durar até o início de junho.

Variedades

Nova illy Art Collection será apresentada na Bienal de Veneza.