Siga-nos

Olá, o que você está buscando?

Cidadania Italiana

O drama de brasileiros que não conseguem voltar da Itália

Com quase todos os voos cancelados e sem previsão de novas datas para retornar ao Brasil, por conta da pandemia do coronavírus, brasileiros que estão na Itália vivem um verdadeiro drama.

Cerca de 260 brasileiros não conseguem embarcar para o Brasil em meio à pandemia

Mais de 260 brasileiros tentam voltar da Itália. Com os voos cancelados e sem previsão de novas datas, brasileiros que estão na Itália vivem um verdadeiro drama.

Muitos estão no país para resolver assuntos relacionados ao processo de cidadania italiana, mas por conta da pandemia do coronavírus, vivem a apreensão de não conseguir voltar ao Brasil.

É o caso de Santina José Nunes, de 59 anos. “Vim com dinheiro contado para ficar dez dias e resolver questões sobre a cidadania italiana, mas desde o cancelamento da minha passagem, que estava marcada pra dia 10 de fevereiro, não tenho mais onde ficar. Não tenho amigos nem parentes aqui”, diz a moradora de de Criciúma (SC).

Santina estava em Brescia, a cerca de 80 km de Milão, hospedada na residência de uma conhecida. Após o cancelamento do bilhete aéreo, teve que deixar o local.

“Há quinze dias, só choro”, completa a brasileira, que está hospedada em Lodi, na Lombardia, na casa de uma brasileira que se ofereceu para hospedá-la por poucos dias.

A história se repete com Manuela Serafim e o marido Guilhermo Campos. Os dois viajaram para a Itália para também realizar o processo de cidadania. “Tenho residência legal e todos os documentos necessários para receber a nacionalidade italiana. Infelizmente, porém, o processo foi interrompido por causa da epidemia.”

Eles contam que ficaram sem dinheiro para pagar o aluguel, para comprar as passagens de volta e até mesmo para comer. “Para não ser despejada, fizemos uma vaquinha com parentes no Brasil. Até o dia 18 de abril temos onde ficar”, conta a brasileira que está na cidade de Vale Corsa, próxima a Roma.

Como faz há sete anos, Fabiana de Souza chegou na Itália em janeiro deste ano, em pleno inverno, para trabalhar por alguns meses na temporada de neve, na região do Vale D’Aosta. Mas o plano foi frustrado com chegada da epidemia de coronavírus

“De um dia para o outro fiquei sem emprego e sem ter onde ficar, porque estava trabalhando ilegalmente”, diz em entrevista à BBC News Brasil. Fabiana já conseguiu retornar ao Brasil.

O turista Fred Carlos, que teve o voo cancelado por três vezes, conta constrangedora experiência. “Estou hospedado na casa de conhecidos (em Lomazzo, Lombardia) há quase quatro meses. E não posso nem sair de casa um pouco para dar um tempo a eles, porque não tenho uma justificativa para sair e ficar pelas ruas”, disse.

Segundo o Ministério das Relação Exteriores, 260 brasileiros não residentes retidos na Itália pediram ajuda.

Em todos os casos, em nota, o consulado pediu aos brasileiros residentes que “mantenham a calma neste momento difícil”.

Segundo estimativa de autoridades consulares na Itália, entre 70 e 90 mil brasileiros vivem na região norte da Itália, a região mais afetada pela pandemia.

Com informações de Erika Zidko/BBC News Brasil

Leia também: Administrativo ou judicial: os caminhos legais para obter cidadania italiana

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Facebook

Leia também:

Cotidiano

Número é o menor desde o início da pandemia no país Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Curso online abordará temas relacionados à pesquisa genealógica, aspectos históricos e cidadania italiana Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Sul baixa a guarda por causa do menor impacto na população. A volta do turismo pode alterar a situação Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Tribunal volta a julgar casos de cidadania italiana. Audiência presencial é descartada Deixa o seu comentário: