Siga-nos

Olá, o que você está buscando?

Cotidiano

Com regras, Itália deve reabrir em 18/05: restaurantes, cabeleireiros e futebol

Bares e restaurantes da Itália deve abrir a partir de 18 de maio

Regiões terão autonomia para seguir ou não o calendário proposto pelo governo

Após dias de queda de braço, o governo italiano deu autonomia para as regiões reabrirem em 18 de maio alguns serviços e comércios no país.

Entre eles estão os cabeleireiros e centros estéticos, que só poderão funcionar com hora marcada, e os bares e restaurantes, que deverão ter as suas mesas espaçadas com 2 ou 4 metros uma do outra, entre outras regras.

Mas se a curva de contágio do covid-19 aumentar, o governo já deixou claro: vai intervir para organizar novos fechamentos.

Portanto, algumas regiões já decidiram não seguir o calendário autorizado pelo governo central. 

A Calábria, por exemplo, permitiu a reabertura de bares e serviços de mesa já em 30 de abril. Veneto, Sardenha, Friuli e Sicília também permitiram atividades comerciais antes da data oficial prevista.

As diretrizes e informações oficiais sobre atividades que reabrem em 18 de maio serão confirmadas entre a próxima quinta e sexta-feira.

O gol contra

Contrariando o governo, as equipes da divisão principal do Campeonato Italiano iniciaram sessões de treinos individuais na segunda (4), quando a Itália iniciou a fase 2 do processo de afrouxamento do isolamento social.

Na ocasião, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte disse que apenas os treinos individuais poderiam começar, entretanto, as atividades em equipe deveriam esperar até 18 de maio.

Pra variar, alguns clubes convocaram seus atletas para o “treinamento individual”.

O futebol italiano está suspenso desde o dia 9 de março e a liga e a federação italiana de futebol (FIGC) querem concluir a temporada. Mas o Governo da Itália ainda não decidiu se vai permitir que a competição chegue ao final.

Deixa o seu comentário:
Click to comment

Deixe uma resposta

Publicidade

Facebook

Leia também:

Cotidiano

Número é o menor desde o início da pandemia no país Deixa o seu comentário:

Destinos

Bloco lista 14 países que terão entrada permitida após 1º de julho. Brasil, EUA, Rússia e Turquia estão fora Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Sul baixa a guarda por causa do menor impacto na população. A volta do turismo pode alterar a situação Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Tribunal volta a julgar casos de cidadania italiana. Audiência presencial é descartada Deixa o seu comentário: