Siga-nos

Olá, o que você está buscando?

Esporte

Brasil e Itália vão disputar reedição da final da Copa de 94

Partida está marcada para dia 9 de janeiro, em Fortaleza

 A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou no sábado (28) que as seleções brasileira e italiana de masters vão participar de um jogo festivo para reeditar a histórica final da Copa do Mundo de 1994.

A partida será realizada no próximo dia 9 de janeiro, às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Os ingressos terão custo de R$20.

De acordo com a CBF, entre os jogadores brasileiros confirmados estão: Taffarel, Gilmar Rinaldi, Cafu, Jorginho, Márcio Santos, Aldair, Ricardo Rocha, Ronaldão, Branco, Mauro Silva, Dunga, Mazinho, Bebeto, Zinho, Paulo Sérgio e Viola, liderados pelo técnico Carlos Alberto Parreira.

Brasil e Itália vão disputar reedição da final da Copa de 1994 | Foto: Divulgação

Já entre os italianos, a expectativa é de que Baresi, Albertini, Zola, Apolloni, Benarrivo, Berti, Costacurta, Casiraghi, Evani, Mussi, Massaro e Tassotti, comandados por Arrigo Sacchi estejam presentes.

Além disso, a CBF informou que a seleção da Itália contará com jogadores que vestiram a camisa da Azzurra em outras épocas, como Schillaci, Panucci, Vierchowod, Braglia, Eranio e Rossi.

A final do mundial de 1994 entrou para a história após o ex-meia-atacante italiano Roberto Baggio perder o pênalti decisivo no estádio Rose Bowl, na Califórnia, e garantir o tetracampeonato do Brasil. Na época, a seleção brasileira enfrentava um jejum de cinco Copas do Mundo.

Por Agência Ansa Brasil 

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Facebook

Leia também:

Esporte

“Não tem interesse cultural’: local pode ser demolido para a construção de um novo estádio Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Bares e restaurantes da Itália deve abrir a partir de 18 de maio

Esporte

Vizinhas adolescentes jogam tênis diariamente, de um telhado para outro, na Itália

Esporte

O time não aguentou os problemas financeiros e declarou falência  Deixa o seu comentário: