Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Variedades

Illycaffè lança xícara artística feita por indígenas do Brasil

Nova illy Art Collection será apresentada na Bienal de Veneza.

Nova illy Art Collection será apresentada na Bienal de Veneza.
À direita, cxícara criada pelo coletivo Mahku | Foto: ANSA

A marca italiana illycaffè apresentou sua nova linha de xícaras artísticas, a illy Art Collection, que desta vez homenageia a 60ª Bienal de Arte de Veneza e é assinada por quatro artistas latino-americanos, incluindo o coletivo brasileiro indígena Mahku.

A coleção foi batizada como “Stranieri Ovunque” (“Estrangeiros por todo lugar”, em tradução livre), mesmo título da exposição que começa neste sábado (20) e vai até 24 de novembro.

Os quatro artistas foram escolhidos pelo curador da Bienal de Arte de Veneza, o brasileiro Adriano Pedrosa, primeiro latino-americano a ocupar o cargo. Além do Mahku, a nova illy Art Collection é assinada pela guatemalteca Paula Nicho, pelo peruano Rember Yahuarcani López e pelo colombiano Aycoobo.

“A nova illy Art Collection é dedicada àqueles que são estrangeiros ou estão longe e promove, por meio da arte contemporânea, as diferentes formas de diálogo e inclusão, que vão desde o respeito às raízes e à cultura de todos os povos até a importância de viver em equilíbrio com a natureza, valores que a illycaffè apoia em toda a cadeia de suprimentos, sempre colocando as pessoas e o meio ambiente no centro de suas atividades”, disse Cristina Scocchia, CEO da empresa de Trieste, que colabora com a Bienal de Arte há mais de 20 anos.

O Mahku reúne artistas da etnia Huni Kuin, que habita a Terra Indígena Kaxinawá, no Acre, e usa suas criações para retratar mitos que contam as origens do mundo e as estreitas relações entre humanos, animais, plantas e espíritos.

A arte levada à xícara da illy pelo coletivo narra o mito de “kapewe pukeni” (“ponte do jacaré”), que diz que, nos tempos antigos, um jacaré se ofereceu para transportar pessoas que tentavam fazer a travessia entre Ásia e América pelo Estreito de Bering.

No entanto, à medida que a viagem avançava e as fontes de alimentos diminuíam, os homens recorreram à caça de um jacaré pequeno, traindo a confiança do jacaré maior, que submergiu nas profundezas do mar, marcando a gênese da divisão entre povos e terras. (ANSA)

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Destaque do Editor

Descubra como obter a cidadania italiana de forma segura e eficiente!

Estilo de vida

A Festa della Mamma foi introduzida no calendário na década de 1950

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Senador Roberto Menia reforça críticas sobre reconhecimento da cidadania italiana no Brasil.

Itália no Brasil

Consulado Geral da Itália em São Paulo: Uma pequena itália na maior metrópole brasileira.

Economia

Consultoria fez estudo sobre taxa de sobrevivência de companhias.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Esporte

Eventos em memória do brasileiro vão durar até o início de junho.

Cidadania Italiana

Caixa de pandora sul-americana: reconhecimento de cidadanias italianas sob suspeita.

Cidadania Italiana

Escândalo no reconhecimento da Cidadania Italiana na América do Sul. Nicola Occhipinti é chamado às pressas.