Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Passaporte “covid free” vai ser lançado em 1º de junho

O Green Pass será lançado na Europa a partir de 1º de junho, antes da data programada.

passaporte covid free
Passaporte "covid free" vai lançado em 1º de junho

A chegada do Passaporte “covid free” estava prevista para 15 de junho, mas a União Europeia anunciou que sua liberação será antecipada para o dia 1 do mesmo mês. 

O Green Pass permitirá circular mais livremente na UE.

Thierry Breton, Comissário da UE para o Mercado Interno, destacou que “estamos avançando rapidamente no perfil técnico e legislativo” a ponto de os Estados membros “começarem a editá-lo e implementá-lo ” para alcançar “em julho” a operação plena, disse em entrevista coletiva.

Além disso, a Comissão está finalizando o portal que permitirá o funcionamento do certificado.

Tudo com o objetivo de atuar em tempo para a reabertura das fronteiras e para o verão, a fim de relançar a temporada turística. 

E precisamente em 14 de abril, o Comitê de Representantes Permanentes junto à União Europeia, o Coreper, chegou a um acordo sobre as normas do certificado.

Os termos do Green Pass, o passaporte “covid free”, são os mesmos anunciados há um mês: você deve ser vacinado com um soro reconhecido pela EMA, Agência Europeia do Medicamento, ou apresentar o teste negativo, ou provar que é curado do vírus.

No entanto, deve-se notar que possuir o Passaporte Verde não é uma condição prévia para o exercício dos direitos de livre circulação

Na verdade, a declaração sublinha “o princípio da não discriminação, em particular em relação a pessoas não vacinadas”.

Isto significa que caberá aos Estados-Membros decidir como utilizar esta certificação. 

Medida para salvar o verão

Um instrumento, portanto, que servirá sobretudo para salvar o verão dos Estados-Membros que fazem do turismo o seu carro-chefe. 

Basta pensar na Grécia, Espanha, Portugal e própria Itália, nações que querem chegar a um acordo sobre esse sistema o mais rápido possível

Tudo com o objetivo de permitir que os potenciais turistas reservem suas férias com segurança.

Bruxelas, no entanto, permitirá que diferentes governos avancem com as regulamentações nacionais até que o sistema se torne uma realidade. 

Em resumo, cada país terá o direito de desenvolver suas próprias regras e passes digitais, mesmo que ainda não esteja claro como e se os diferentes sistemas e regulamentos poderão se integrar.

Ainda há muitos problemas a serem resolvidos, mas o passaporte “covid free” é cada vez mais uma realidade.

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cotidiano

Poderão entrar no país europeu os turistas que receberam os imunizantes da Janssen, AstraZeneca, Moderna e Pfizer.

Cotidiano

Medida pode beneficiar milhares de cidadãos italianos residentes no Brasil, e que receberam a Coronavac

Estudar na Itália

Obrigatória a apresentação de certificado sanitário para professores e funcionários escolares

Destinos

Objetivo é tornar o turismo mais sustentável. Cidade recebe cerca de 25 milhões de turistas por ano

Turismo

Itália bateu recorde de turismo interno no verão europeu

Comer e beber

O green pass não é apenas o tema principal do verão 2021, agora é também um sabor de sorvete na Itália

Cotidiano

Ferragosto é uma das festas mais tradicionais da Itália e o feriado mais esperado pelos italianos

Cotidiano

Na sexta-feira, 15 cidades deverão estar em alerta vermelho (incluindo Roma, Florença e Palermo) devido ao calor

Cotidiano

A capital Roma, no centro da península, pode registrar até 38ºC ao longo da semana.   

Cotidiano

Itália ainda não explicou se o passe verde poderá ser usado por italianos residentes em países de risco, como o Brasil

Cotidiano

Itália criou um "Passe verde" para locais fechados, que entra em vigor a partir de 6 de agosto

Esporte

Líderes da União Europeia declaram abertamente torcida pela Azzurra na decisão da Eurocopa