Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cidadania Italiana

Merlo: “um grande erro limitar a cidadania italiana”

cidadania italiana
Merlo: um 'grande erro' limitar a cidadania italiana | Foto: Fabio Frustaci/ANSA

Projeto em andamento prevê limitar o direito para os descendentes de italianos

O tema “cidadania italiana” voltou a gerar apreensão nos últimos dias.

Tudo porque um projeto de Lei – apresentado em novembro do ano passado, mas que veio a público somente agora para a comunidade italiana – prevê limitar o direito à cidadania para os descendentes de italianos.

O projeto é de Elisa Siragusa, do partido de esquerda “Movimento 5 Stelle“, e está na comissão de constitucionalidade desde abril.

A proposta tem assinaturas de outras 6 deputadas, do mesmo partido do comediante Beppe Grillo.

Segundo o projeto, que visa a modificar a Lei 91/1992, a transmissão da cidadania italiana passaria a valer apenas para a primeira geração, ou seja, apenas para filhos.

A motivação? Porque esses descendentes de terceira ou quarta gerações não têm ligação cultural ou linguística com a Itália.

O deputado Luis Roberto Lorenzato, da Lega, acredita que o partido de Siragusa e seus aliados têm votos suficientes para aprovar o texto.

Ele chegou a postar um texto bastante agressivo contra a proposta. “Um governo comunista que prefere africanos clandestinos, 99% homens, entre os 18- 30 anos, ‘bem dotados’, para integrar a cultura islâmica na Itália”, escreveu o parlamentar em sua página “Vote pela Cidadania“, no Facebook.

Entretanto, Ricardo Merlo, senador e subsecretário do Ministério das Relações Exteriores da Itália, acredita que é um grande erro limitar o “direito de sangue” e que a proposta não seguirá adiante.

“Cortar gerações de ius sanguinis significa causar incalculáveis ​​danos econômicos e culturais ao país. O reconhecimento do ius sanguinis não só é sustentável, ao contrário do que dizem alguns, mas gera enormes lucros para a economia italiana”, disse em entrevista ao portal “Italia chiama Italia“.

Segundo ele, os que se propõem a limitar a transmissão da cidadania italiana fazem porque obviamente não conhecem a realidade dos fatos. 

Eleito na América Latina, com votos principalmente da Argentina, ele prometeu lutar contra a proposta.

LEIA TAMBÉM:

Interesse por cidadania italiana via judicial dispara, indica Google

‘Reforma na cidadania italiana estava pronta, mas nos faria perder votos’, diz senadora

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Mais de Italianismo

Cidadania Italiana

Empresaria alega que Instituto não concluiu processo e ainda perdeu seus documentos

Cidadania Italiana

"Talvez eu possa mudar a lei com minha popularidade", diz o TikToker italiano

Cidadania Italiana

O número de cidadãos brasileiros com o passaporte italiano em Portugal vem chamando a atenção das autoridades. Deixa o seu comentário:

Cidadania Italiana

Cidadania italiana no Exterior é capital importante para fortalecer o Made in Italy no mundo

Cidadania Italiana

O reconhecimento da cidadania italiana é através do princípio do direito de sangue. Quem tem direito à cidadania italiana? Saiba tudo aqui.

Cotidiano

Projeto de lei é apresentado depois cidades italianas lançarem iniciativas para vender casas por 1 euro

Cidadania Italiana

Consulado Geral da Itália em São Paulo recebe uma média de 15 mil pedidos por ano

Cidadania Italiana

Os custos para pedir a sua cidadania italiana podem variar de acordo com a linha genealógica da sua família e a modalidade escolhida.

Cidadania Italiana

O tema assombra os ítalo-brasileiros que buscam o reconhecimento da cidadania italiana através do Tribunal de Roma.

Publicidade

Fuja das filas nos consulados italianos e realize o sonho da sua cidadania italiana.

Cidadania Italiana

Itália ganha uma posição no ranking dos passaportes mais valiosos do mundo, da Passport Index

Cidadania Italiana

Exame de cidadania ocorreu em setembro de 2020, quando atacante uruguaio negociava com a Juventus; escândalo derrubou reitora de universidade