Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Meloni critica influencer Chiara Ferragni por publicidade enganosa

Ferragni foi multada em pouco mais de um milhão de euros por prática comercial desleal na promoção de um pandoro para beneficência

Meloni Ferragni
Meloni critica influencer Chiara Ferragni por publicidade enganosa

A primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, não poupou críticas no último domingo àqueles que lucram com declarações de caridade consideradas enganosas, fazendo uma clara referência à recente sanção aplicada a Chiara Ferragni, a principal influenciadora do país.

Na sexta-feira, a Autoridade de Tutela das Comunicações e do Mercado (AGCOM) impôs uma multa de pouco mais de um milhão de euros às empresas controladas por Ferragni, como resultado de uma investigação sobre publicidade enganosa envolvendo panetones no Natal do ano passado.

Chiara Ferragni, empreendedora e influenciadora no cenário da moda, contando com quase 30 milhões de seguidores no Instagram, alinhada com a esquerda italiana e conhecida por suas críticas incisivas ao governo de Meloni, contestou vigorosamente a multa, alegando injustiça, e anunciou sua intenção de recorrer da decisão.

“Os verdadeiros modelos a seguir não são os influenciadores que ganham muito dinheiro vestindo roupas e mostrando bolsas… ou mesmo promovendo bolos caros que fazem as pessoas acreditarem que são caridosas”, declarou a primeira-ministra, sem mencionar explicitamente Ferragni.

Ma fé

A AGCOM também multou a fabricante Balocco em 420 mil euros, alegando que os consumidores foram induzidos a pensar que a compra do pandoro contribuiria para uma instituição de caridade para o câncer ósseo em um hospital em Turim, e que Ferragni estava fazendo doações pessoais.

O regulador afirmou que a Balocco havia feito um pagamento único de 50.000 euros ao hospital meses antes de lançar o bolo de Ferragni, e as vendas do produto não tiveram impacto nas doações à instituição. A Balocco discordou da decisão do regulador e afirmou que tomará medidas para proteger seus direitos.

A AGCOM ainda alegou que as empresas relacionadas a Ferragni não contribuíram financeiramente para o hospital, apesar de terem recebido mais de um milhão de euros para a iniciativa da marca e atividades promocionais correlatas.

“Temos que explicar aos jovens que criar produtos (Made in Italy) é muito mais extraordinário do que apenas exibi-los”, disse Giorgia Meloni em discurso no último dia do evento de seu partido de direita, Irmãos de Itália.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Itália no Brasil

Programa percorre cidades brasileiras para mostrar a influência e o legado do povo italiano no país.

Cidadania Italiana

Projeto de Lei no Senado Italiano gera debate sobre possíveis mudanças na cidadania italiana.

Cidadania Italiana

Val di Zoldo: Desafios administrativos, protestos e o embate com a cidadania ítalo-brasileira.

Cotidiano

Facilite sua vida na Itália em 2024 com esses 16 aplicativos essenciais.

Cotidiano

Itália desafia limites: Quer a construção da ponte suspensa mais longa do mundo.

Cidadania Italiana

Subsecretário italiano afirma que a Lei 91 de 92, que rege a cidadania no país, está adequada e não deve ser alterada.

Arte & Cultura

Russell Crowe revela orgulho por suas raízes italianas durante o Festival de Sanremo.

Destinos

Preparando o terreno: estratégias inteligentes para economizar nas reservas de voos para a Itália.

Cidadania Italiana

A italianidade que corre nas veias: por que limitar o direito à cidadania?

Estilo de vida

Descubra as razões por trás da diferença entre o Dia dos Namorados no Brasil e na Itália.

Cotidiano

Deputado Fabio Porta insta governo italiano a agir com urgência no acordo de conversão de CNH com o Brasil.

Itália no Brasil

Estação 'Nova Vicenza', símbolo intocado da imigração italiana, ganha destaque nas páginas do Il Giornale di Vicenza