Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Estilo de vida

Italianos são os mais velhos da Europa, mostra Eurostat

O Eurostat atualizou os dados demográficos relativos aos países que integram a União Europeia

Italianos mais velhos da Europa
Italianos são os mais velhos da Europa, mostra Eurostat | starbene

Um novo estudo do Eurostat, o escritório europeu de estatísticas, apontou que a população italiana é a mais velha da Europa, com uma média de idade de 47,6 anos em 2021. Na sequência, aparecem Alemanha (45,9 anos) e Portugal (45,8 anos).   

Na média, os países do continente têm um povo com idade média de 44,1 anos, alta de 0,2 na comparação com 2020. O mais “jovem” é o Chipre, com 38 anos, seguido por Irlanda (38,5 anos) e Luxemburgo (39,6 anos).   

Ainda conforme o estudo, todas as nações registraram alta no período, mostrando o envelhecimento da população local, em idade média que aumentou 2,5 anos no período entre 2011 e 2021. 

Já na Itália, o aumento no mesmo período foi de quase quatro anos. Mas, a maior alta foi registrada na Albânia, onde a idade média nos últimos 10 anos passou de 32,6 para 37,6 anos.   

Espanha, Portugal, Grécia, Irlanda e Eslováquia também tiveram elevações acima dos quatro anos.   

Outro dado apontado pelo Eurostat é o fato de que há pouco mais de três pessoas (32,5%) em idade laboral para cada idoso com mais de 65 anos na Europa. Luxemburgo (21%) e Irlanda (22,6%) sãos os melhores no ranking na relação pessoas em idade ativa x aposentados. Já Itália (37%), Finlândia (36,8%) e Grécia (35,6%) têm os piores números.   

“O envelhecimento da população é um tendência de longo prazo iniciada há vários anos na Europa. Essa tendência é visível nas transformações da estrutura por idade das populações e se reflete em um percentual crescente de idosos e de um percentual em queda das pessoas em idade laboral na população total”, diz o documento.   

O texto ressalta que o percentual maior em todas as nações das pessoas mais idosas é explicado “por uma maior longevidade”, mas também por conta dos “níveis baixos de fertilidade ao longo de muitos anos”.   

Especificamente sobre os 27 Estados-membros da União Europeia, o Eurostat prevê um “aumento da população até um pico de 449,3 milhões de pessoas por volta de 2026 para depois baixar gradualmente para 416,1 milhões até 2100”. (ANSA)

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Cidadania Italiana

Especialistas se reúnem em Padova para discutir os desafios e implicações da cidadania italiana para descendentes.

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cidadania Italiana

Brasil destaca-se como o 4º país com mais cidadãos adquirindo nacionalidade italiana.

Cidadania Italiana

O ius soli é um problema falso, não é necessário: os números desconstroem a narrativa da esquerda, segundo jornalista.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Cotidiano

Porta critica atuação governamental na demora e ineficácia das negociações do Acordo de Conversão de CNH entre o Brasil e a Itália

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais

Cidadania Italiana

Quase 214.000 pessoas tornaram-se cidadãos italianos em 2022, tornando a Itália o país da UE com o maior número de pedidos de cidadania concedidos.

Cotidiano

A União Europeia flexibilizará regras em torno do 'permissão única' para trabalhadores não pertencentes à UE

Cotidiano

Estudo assoalhar quantos estrangeiros vivem em Verona e nos municípios da província.