Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Italiana libertada na África teria se convertido ao Islã

Italiana libertada na África teria se convertido ao Islã

Silvia Romano voltou à Itália | Foto: Corriere

Jovem desembarcou em Roma vestindo uma roupa islâmica. Cena provocou discussão acalorada na Itália

O resgate de Silvia Romano, que ficou 17 meses sequestrada no Quênia, e que foi libertada na Somália neste sábado (09), é destaque nos noticiários da Itália.

Mas a liberdade da jovem voluntária italiana de 24 anos tem provocado discussão acalorada entre os italianos e está nos trending topics do Twitter.

Tudo porque ela desembarcou neste domingo, no aeroporto Ciampino, em Roma, – e recepcionada pelo primeiro-ministro Giuseppe Conte – vestindo uma roupa islâmica que cobria todo o seu corpo, com exceção do rosto.

Ao desembarcar a jovem milanesa disse estar bem, física e mentalmente, e muito feliz. “Agora quero apenas ficar com minha família”.

Silvia Romano, que ficou 17 meses sequestrada no Quénia, ao desembarcar em Roma | Foto: Corriere

Ela teria se convertido ao Islã, mas a própria família desconhecia o fato, segundo fontes ligadas à investigação do sequestro da jovem.

“Espero que conversão dela seja espiritual, que deve ser absolutamente respeitada. Precisamos apenas acreditar que, ao salvar um anjo, não repatriamos um diabo”, publicou a italiana Flora Doronzo.

Os investigadores cogitavam que a possível adesão ao Islã poderia ser resultado das “condições psicológicas em que ela se encontrou durante o sequestro”.

“É claro que algo a mais aconteceu na Somália, essa garota sofreu as dores do inferno”, escreveu Sara Cabrini.

Mas horas depois, a própria Romano confessou: “não fui obrigada a casar, a conversão ao Islã foi minha escolha espontânea”, segundo publicação no Corriere della Sera.

“Não entendo porque a trouxeram de volta se ela estava bem lá”, publicou Emanuela Questorino.

Romano era voluntária da ONG Africa Milele e havia sido raptada em 20 de novembro de 2018, quando um comando armado invadiu o vilarejo de Chakama, no litoral do Quênia. Ninguém reivindicou o sequestro, mas a principal suspeita sempre recaiu sobre terroristas somalis ligados ao grupo jihadista Al Shabab.

Ela foi resgatada nos arredores de Mogadíscio, em uma operação conduzida pelos serviços de inteligência da Itália, da Somália e da Turquia, que tem estreitas ligações com o país africano. As autoridades italianas, no entanto, não deram maiores detalhes sobre como foi feito o resgate.

Estima-se que a Itália desembolsou entre dois e 4 milhões de euros para realizar a operação de resgate.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:
1 Comment

1 Comment

  1. A big thank you for your article post.Much thanks again. Cool.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques do editor

Itália no Brasil

Programa percorre cidades brasileiras para mostrar a influência e o legado do povo italiano no país.

Cidadania Italiana

Projeto de Lei no Senado Italiano gera debate sobre possíveis mudanças na cidadania italiana.

Cidadania Italiana

Val di Zoldo: Desafios administrativos, protestos e o embate com a cidadania ítalo-brasileira.

Cotidiano

Facilite sua vida na Itália em 2024 com esses 16 aplicativos essenciais.

Cotidiano

Itália desafia limites: Quer a construção da ponte suspensa mais longa do mundo.

Cidadania Italiana

Subsecretário italiano afirma que a Lei 91 de 92, que rege a cidadania no país, está adequada e não deve ser alterada.

Cidadania Italiana

As regras para obtenção de cidadania italiana por meio de ascendência vão mudar em 2024? O que dizem os profetas do medo?

Arte & Cultura

Russell Crowe revela orgulho por suas raízes italianas durante o Festival de Sanremo.

Destinos

Preparando o terreno: estratégias inteligentes para economizar nas reservas de voos para a Itália.

Cidadania Italiana

A italianidade que corre nas veias: por que limitar o direito à cidadania?

Estilo de vida

Descubra as razões por trás da diferença entre o Dia dos Namorados no Brasil e na Itália.

Cotidiano

Deputado Fabio Porta insta governo italiano a agir com urgência no acordo de conversão de CNH com o Brasil.