Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Arte & Cultura

Itália vai abolir programa de visitas gratuitas em museus no primeiro domingo de cada mês

A entrada no Coliseu custa € 12

Críticos do plano pediram um programa que cobrasse apenas aos visitantes estrangeiros e mantivesse os museus livres para os cidadãos italianos

Cerca de 480 museus – incluindo o Coliseu de Roma, a Galeria Uffizi, em Florença e o Parque Arqueológico de Pompeia, em Nápoles – são, atualmente, de entrada gratuita, no primeiro domingo de cada mês, através do programa “Domenica al Museo” (“Domingo no Museu”). A medida foi instituída em junho de 2014, pelo então ministro Dario Franceschini, do Partido Democrático (PD), como uma forma de incentivar o público a conhecer o património cultural e arqueológico italiano.

Numa conferência de imprensa, o ministro da Cultura, Alberto Bonisoli, do Movimento 5 Estrelas (M5S), disse que o governo vai acabar com o programa gratuito aos domingos, numa tentativa de evitar “desvalorizar os locais”.

Alberto Bonisoli disse que o governo vai acabar com o programa gratuito aos domingos. (Foto: Corriere della Sera)

“Se continuarem assim, os domingos gratuitos seguirão numa direção que não agrada a ninguém. Não mudaremos nada no verão, mas depois as coisas mudarão. Darei maior liberdade aos diretores, se quiserem colocar um domingo gratuito, tudo bem, mas a obrigação não funciona”, justificou.

Alguns críticos do plano pediram um programa que cobrasse apenas aos visitantes estrangeiros e mantivesse os museus livres para os cidadãos italianos.

Num vídeo no Facebook respondendo às críticas, Bonisoli disse que a entrada gratuita nos museus “poderia acontecer, mas de uma maneira inteligente”. Os diretores dos museus teriam a liberdade de designar os próprios dias livres, como resposta às flutuações sazonais de visitas. O ministro não forneceu nenhuma informação adicional sobre quando essas mudanças poderiam ser implementadas.

A entrada regular em atrações italianas não é barata: a entrada no Coliseu custa € 12 e um bilhete para o Vaticano custa cerca de € 17.

 

 

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Estilo de vida

Por que não adotar o sobrenome do seu marido na Itália: Entenda os motivos.

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Comer e beber

Verdade ou mito: Os italianos realmente comem pasta todos os dias?

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cidadania Italiana

Os brasileiros estão entre as dez nacionalidades que mais obtiveram uma cidadania da União Europeia em 2022.

Cidadania Italiana

Brasil destaca-se como o 4º país com mais cidadãos adquirindo nacionalidade italiana.

Turismo

Iniciativa conta com 28 municípios divididos em 10 regiões

Cidadania Italiana

O ius soli é um problema falso, não é necessário: os números desconstroem a narrativa da esquerda, segundo jornalista.

Arte & Cultura

Russell Crowe se apresentará no anfiteatro de Pompeia.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Cotidiano

Porta critica atuação governamental na demora e ineficácia das negociações do Acordo de Conversão de CNH entre o Brasil e a Itália