Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

Itália terá toque de recolher às 22h e lockdown nas “regiões vermelhas”

italia lockdown
Itália terá toque de recolher às 22h e lockdown nas "regiões vermelhas"

Mobilidade interna proibida nas áreas vermelhas. Medidas entram em vigor a partir de quinta-feira

Toque de recolher às 22h em toda a Itália e lockdown nas regiões vermelhas. Esta foi a decisão tomada pela cúpula chefiada pelo primeiro-ministro Giuseppe Conte para conter a segunda onda da epidemia de Covid que está atingindo a Itália.

Segundo o rascunho, que deve ser aprovado ainda na noite desta terça-feira (3), a medida será válida até o o próximo dia 3 de dezembro, segundo o jornal La Repubblica (leia aqui).

Das 22h às 5h só serão permitidos deslocamentos motivados por comprovada necessidade de trabalho ou por motivos de saúde

Como sempre, é altamente recomendável para todos, ao longo do dia, que não se desloquem em meios de transporte públicos ou privados, exceto por motivos de trabalho, estudo ou saúde.

Escolas

As escolas de segundo grau, de acordo com o rascunho, devem adotar formas flexíveis na organização das atividades de ensino, de forma que 100% das atividades sejam realizadas em ensino digital integrado.

De acordo com o rascunho, a atividade didático-pedagógica do primeiro ciclo de ensino deve continuar a ser presencial. 

Lockdown

A fim de combater e conter a propagação do vírus Covid-19, segundo o rascunho do decreto, as regiões da Lombardia, Piemonte e Calábria – consideradas hoje zona vermelha, por causa do alto índice de contágios – terão bloqueio total por um período de 15 dias.

“Estão suspensas as atividades de restaurantes (incluindo bares, pubs, restaurantes, gelatarias)”, diz o rascunho do decreto.

Apenas indústrias e escolas até a sexta série permanecerão abertas. Clínicas de beleza e salões de cabeleireiros devem permanecer fechados. 

Sem lockdown para serviços essenciais como farmácias e supermercados, por exemplo.

As medidas entram em vigor a partir de quinta-feira.

Números

A Itália registrou 353 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas, informou o boletim do Ministério da Saúde nesta terça-feira (3).

O dado é o maior desde 6 de maio, quando haviam sido contabilizados 369 falecimentos e, considerando os números desde o início da pandemia em fevereiro, já são 39.412 mortos.   

Os novos casos de Covid-19 também voltaram a subir e atingiram 28.244 em apenas um dia, elevando as contaminações para 759.829 desde fevereiro.

Novamente, o destaque negativo ficou por conta da Lombardia, que teve 6.804 contágios em um dia, seguida por Piemonte (3.169), Campânia (2.971), Toscana (2.336), Vêneto (2.298) e Lazio (2.209).   

Houve ainda uma alta expressiva na quantidade de pessoas consideradas curadas, de 6.258, elevando as curas para 302.275. 

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Variedades

Iniciativa quer combater despovoamento de áreas montanhosas.

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Turismo

Alta temporada no país vai de junho a setembro.

Arte & Cultura

Exposição 'Life as a Scientist' será aberta no dia 21 de junho.

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Cotidiano

Brasileiros residentes no país europeu há menos de seis anos podem solicitar habilitação italiana sem necessidade de novos exames

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.