Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo
Itália fecha a Lombardia e põe 16 milhões de pessoas em quarentena | AFP

Vida & Estilo

Itália fecha a Lombardia e põe 16 milhões de pessoas em quarentena

Medidas surgem depois de maior aumento do número de infectados

A região mais rica e populosa de Itália vai ficar isolada do resto do país: o governo decidiu, na noite deste sábado (07),  “fechar” a Lombardia, onde vivem cerca de 10 milhões de pessoas e onde se localiza a capital financeira do país, Milão, para tentar travar o surto de coronavírus. A assinatura do decreto aconteceu às 3h da manhã – às 23h no horário de Brasilia.

As medidas dramáticas aplicam-se ainda a outras 14 províncias de quatro regiões, abrangendo cerca de 16 milhões de pessoas – equivalente a 1/4 da população italiana –, e surgem depois de o país ter registado o maior aumento do número de infectados desde o início do surto: 1247 novos casos confirmados nas últimas 24 horas, para um total de 5883. Depois de duas semanas de surto, o SARS-COV-2 se espalhou pelas 20 regiões: todas registam casos e oito tiveram óbitos.

As outras províncias que se tornaram “zona vermelha” são Modena, Parma, Piacenza, Reggio Emilia, Rimini, Pesaro e Urbino, Venezia, Padova, Treviso, Asti, Alessandria, Novara, Vercelli e Verbano Cusio Ossola.

Nas áreas abrangidas por estas novas medidas, todos os museus, centros culturais, ginásios, piscinas e estância de esqui serão fechados. As escolas vão ficar fechadas até 3 de abril.

São também suspensos os eventos culturais, recreativos, esportivos e religiosos, tanto em locais públicos como privados, ficando assim cancelados casamentos e funerais civis ou religiosos. Os cafés e os restaurantes podem ficar abertos desde que mantenham uma distância de um metro para os clientes.

O decreto diz que todos devem “evitar completamente” entrar ou sair das regiões indicadas, e até deslocarem-se dentro das regiões, a não ser em caso de emergências ou “trabalho essencial”.

O surto de covid-19, detectado em dezembro na China, já provocou mais de 3500 mortos entre mais de 101 mil pessoas infectadas em pelo menos 94 países. Com base no número mundial de infectados, a taxa de letalidade é de 3,4%, sendo que até ao momento a maioria já se recuperou.

* * * * *

Gostou do artigo? Então comente ou compartilhe nas suas redes sociais.

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

Instituição é das irmãs Cynthia e Ivete Sangalo; durante a pandemia, artista comentou sobre o desejo de montar uma escola

Cotidiano

Provocativa ordem foi assinada pela prefeita de Ferriere, no norte da Itália

Cotidiano

Empresário vivia em prisão domiciliar após ser condenado por operações ilegais com a companhia

Cotidiano

Terremoto em Milão, epicentro na província de Bergamo: magnitude estimada em 4,4

Cotidiano

Meteorologista alerta para tempestade de neve no Piemonte, Lombardia, Ligúria e Vêneto

Celebridades

A atriz visitou a Fontana Delle Tette, onde a água sai dos seios da estátua, na cidade de Treviso

Comer e beber

Gambero Rosso selecionou as melhores cervejarias da Itália, premiando-as com o Tre Boccali 2022

Cotidiano

Presidente do Brasil visita a região depois de um encontro do G20 em Roma

Cotidiano

Cerca de 70 famílias moravam no local e tiveram tempo de fugir; 20 pessoas inalaram fumaça. Não há vítimas graves

Cotidiano

Enquanto o Sul da Itália sofre com grandes incêndios e temperaturas africanas, a região Norte está sendo castigada por fortes temporais. Deixa o seu...

Cotidiano

A Pesca Magnética ou Pesca com Ímã é um esporte que começou a se espalhar pela Itália. Mas do que se trata exatamente?

Arte & Cultura

Município deu nome ao tom rosa intenso após batalha sangrenta no século 19