Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Arte & Cultura

Itália destinará € 1 bilhão para pesquisa em tecnologias emergentes

O governo da Itália vem tentando fazer o país acompanhar o progresso tecnológico. Essa é provavelmente uma das principais razões por trás do recente apoio do governo ao desenvolvimento de tecnologias como blockchain, IoT, Realidade Virtual e outras tecnologias inovadoras.

No início deste ano, o Ministério do Desenvolvimento Econômico italiano adotou a Lei do Orçamento, e colocou uma especial atenção ao investimento em tecnologias emergentes. Com isso, 1 bilhão de euros devem ser investidos em blockchain e outras inovações no ano que vem. A lei também estipula o estabelecimento de um fundo para o apoio as tecnologias.

Durante uma fala na Futureland Conference, o Ministro do Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Luigi Di Maio, confirmou o lançamento do fundo.

“Diante da crescente importância de tecnologias como Inteligência Artificial, Blockchain e Internet das Coisas, é essencial apoiar o desenvolvimento dessas tecnologias, incentivando o investimento nessas áreas e, ao mesmo tempo, assegurando a conexão entre os diversos setores de pesquisa. Para este fim, o Ministério do Desenvolvimento Econômico estabelecerá um Fundo para intervenções destinadas a incentivar o desenvolvimento de tecnologias e aplicações de Inteligência Artificial, Blockchain e Internet das coisas, com uma valor total de 1 bilhão de euros nos anos 2019, 2020 e 2021”.

O Ministro também forneceu mais detalhes a respeito de como (e quando) a lei será aplicada.

“Até o final do ano, graças à lei orçamentária e ao decreto de simplificação, um pacote de normas entrará em vigor no sistema legal italiano, em primeiro lugar, para reconhecer todo o valor legal vinculado ao blockchain e ao fundo único de capital de risco. Combinamos vários fundos disseminados em estruturas públicas do Estado que lidam com capital de risco e criamos o Fundo Italiano para a Inovação, que terá 1 bilhão de euros a partir de fevereiro de 2019 e estará aberto a investidores particulares”, explicou Di Maio.

O fundo de capital de risco deve começar a funcionar em fevereiro de 2019. Este estabelecimento pode alterar significativamente o ambiente de investimento para aqueles que estão dispostos a lidar com blockchain e outras tecnologias emergentes.

por Luciano Rocha/criptomoedasfacil

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Variedades

Iniciativa quer combater despovoamento de áreas montanhosas.

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Turismo

Alta temporada no país vai de junho a setembro.

Arte & Cultura

Exposição 'Life as a Scientist' será aberta no dia 21 de junho.

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Gastronomia

Referência da gastronomia, TasteAtlas partilha os seus rankings com base na experiência do consumidor.

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.