Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Economia

Governo italiano quer fechar lojas e shoppings aos domingos

Locais turísticos como a Galeria Vittorio Emanuele, em Milão, não seriam afetados

Ministro do Trabalho, Luigi Di Maio,  afirma que abertura está “destruindo as famílias”

O ministro do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico da Itália, Luigi Di Maio, propôs restrições à abertura de lojas e outros pontos comerciais aos domingos.

Segundo Di Maio, que também é vice-premier e líder do antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S), a “liberalização” promovida pelo governo de Mario Monti (2011-2013) está “destruindo as famílias italianas”.

“Em matéria de comércio, aprovaremos até o fim do ano a lei que impõe limites a centros comerciais nos fins de semana e feriados, com turnos e um horário que não será mais liberalizado. É preciso recomeçar a disciplinar horários de abertura e fechamento”, declarou o ministro.

Di Maio afirmou que sua proposta incluirá um “mecanismo de turnos” que garantirá o funcionamento de 25% das lojas. “Sempre haverá um lugar para fazer compras”, garantiu.

A decisão sobre quem abre e quem fecha as portas caberia a prefeitos e aos próprios comerciantes. No entanto, segundo o ministro da Agricultura e do Turismo, Gian Marco Centinaio, o plano não valerá para “cidades turísticas”.

Luigi Di Maio quer organizar “turnos” para lojas nos domingos. (Foto: ANSA / Ansa – Brasil)

O ex-premier Matteo Renzi, principal voz da oposição, criticou a medida. “Obrigar todos a fecharem no domingo é absurdo, significa mandar embora tantos jovens”, declarou o centro-esquerdista, chamando Di Maio de “ministro do desemprego” e o acusando de sugerir ideias mirabolantes quando está em “crise de visibilidade”.

Apesar de liderar o maior partido da coalizão governista, Di Maio vem sendo eclipsado pelo ministro do Interior Matteo Salvini, da Liga, e por sua batalha contra a migração. Enquanto o ultranacionalista vem conseguindo implantar uma política migratória mais dura, Di Maio ainda luta para tentar emplacar as bandeiras do M5S, como a renda de cidadania.

A economia da Itália ainda patina para crescer e apresenta taxa de desemprego de 10,9%, índice que sobe para 32,6% quando se considera apenas os jovens de 15 a 24 anos.

Por Ansa

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

O ranking mostra o posicionamento, o número de famílias e o número de municípios em que os sobrenomes italianos estão espalhados.

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cidadania Italiana

Ao contratar um advogado para processo de cidadania italiana, opte por um que mantenha representante no Brasil.

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Cidadania Italiana

Passaporte em todo lugar: A partir de julho, correios italianos facilitam renovação e emissão

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Itália no Brasil

Aviso por correio convoca os eleitores para participarem das eleições do Parlamento Europeu de 2024.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.