Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Cotidiano

‘Erradicar máfia é possível e necessário’, diz presidente da Itália

Declaração foi dada por ocasião do dia da memória de vítimas

presidente da Itália
'Erradicar máfia é possível e necessário', diz presidente da Itália

Por ocasião do “Dia Nacional da Memória e do Compromisso em Lembrança das Vítimas da Máfia”, o presidente da Itália, Sergio Mattarella, declarou neste domingo (21) que a erradicação de grupos mafiosos “é possível e necessária.

“Erradicar as máfias é possível e necessário. A ação de contraste começa com a rejeição daquele método que nega dignidade à pessoa, com a rejeição do compromisso, da reticência, do oportunismo”, afirmou o italiano em um comunicado.

Para Mattarella, “somente quando as organizações criminosas forem erradicadas dos nossos territórios poderemos dizer que honramos verdadeiramente a memória de todas as vítimas da máfia”

O chefe de Estado da Itália ainda reforçou que a recordação é condição para que a liberdade conquistada continue a ser transmitida e vivida como um bem indivisível.

“Relembrar as mulheres e os homens que as máfias arrebataram barbaramente da vida e do afeto de seus entes queridos, ler seus nomes, todos os nomes, não é apenas um dever cívico, é em si uma contribuição significativa para uma sociedade livre do jugo opressor das máfias”, acrescentou.

A iniciativa, de acordo com o presidente, “é a afirmação de princípios da humanidade incompatível com a chantagem criminosa, é a confiança na legalidade, a única que pode garantir o respeito pelos direitos, a igualdade entre as pessoas, o desenvolvimento solidário”.

O risco da máfia na pandemia

A presidente do Senado, Elisabetta Casellati, por sua vez, alertou para os riscos das ações da máfia para lucrar com a crise provocada pela pandemia do novo coronavírus.

“Cultivar a memória daqueles que perderam suas vidas lutando pela legalidade é um imperativo categórico. Principalmente hoje , com a emergência econômica agravada pela pandemia, é alto o risco de os clãs atuarem como bancos de negócios e agência de empregos para quem perde o emprego”, disse.

O “Dia Nacional da Memória e do Compromisso em Lembrança das Vítimas da Máfia” é comemorado por iniciativa da Libera, entidade que reúne diversas associações que lutam contra a violência do crime organizado. Uma lista elaborada pela organização reúne centenas de inocentes mortos pela máfia na Itália desde 1893. Por Ansa

Leia também

Cristina Kirchner ofende dizendo que ‘italianos têm a máfia no DNA’

Jornal alemão ataca italianos: ‘A máfia está esperando dinheiro da UE’

Poderosas chefonas: as mulheres na máfia italiana

Terreno confiscado da Camorra vira horta na Itália

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Itália no Brasil

Programa percorre cidades brasileiras para mostrar a influência e o legado do povo italiano no país.

Cidadania Italiana

Projeto de Lei no Senado Italiano gera debate sobre possíveis mudanças na cidadania italiana.

Cidadania Italiana

Val di Zoldo: Desafios administrativos, protestos e o embate com a cidadania ítalo-brasileira.

Cotidiano

Facilite sua vida na Itália em 2024 com esses 16 aplicativos essenciais.

Cotidiano

Itália desafia limites: Quer a construção da ponte suspensa mais longa do mundo.

Cidadania Italiana

Subsecretário italiano afirma que a Lei 91 de 92, que rege a cidadania no país, está adequada e não deve ser alterada.

Destinos

Preparando o terreno: estratégias inteligentes para economizar nas reservas de voos para a Itália.

Arte & Cultura

Russell Crowe revela orgulho por suas raízes italianas durante o Festival de Sanremo.

Cidadania Italiana

A italianidade que corre nas veias: por que limitar o direito à cidadania?

Estilo de vida

Descubra as razões por trás da diferença entre o Dia dos Namorados no Brasil e na Itália.

Cotidiano

Deputado Fabio Porta insta governo italiano a agir com urgência no acordo de conversão de CNH com o Brasil.

Itália no Brasil

Estação 'Nova Vicenza', símbolo intocado da imigração italiana, ganha destaque nas páginas do Il Giornale di Vicenza