Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Itália no Brasil

Empresa italiana de energia projeta investimentos de mais de R$ 360 milhões no Piauí

Enel instala a maior usina de energia fotovoltaica da América Latina

O Piauí vem se destacando nos últimos anos na atração de empreendimentos voltados à geração de energia renovável, a exemplo das eólicas. Agora, o estado dá mais um importante passo nesse sentido, com a instalação do Parque Solar Nova Olinda, da Enel Green Power Brasil. A usina está localizada no município de Ribeira do Piauí, a 377 quilômetros de Teresina, na microrregião do Alto Médio Canindé.

A informação disposta na quarta-feira, 30 de janeiro, aponta que o Ministério de Minas e Energia (MME) deliberou o enquadramento ao Regime Especial de Incentivos ao Desenvolvimento da Infraestrutura (REDI) do projeto da UFV São Gonçalo 6, com 16 unidades geradoras de 2,8 MW, totalizando 45,6 MW de capacidade instalada no município de São Gonçalo do Gurguéia, no Piauí.

Diante disso, a iniciativa a cargo da empresa italiana prospecta investimentos de aproximadamente R$ 336,7 milhões, sem contar com a incidência de taxas. De acordo com o cronograma, a conclusão do empreendimento deve ocorrer em janeiro de 2021.

A adesão ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura, estabelecida por meio de lei datada de 2007, e regulamentada por decreto federal, suspende a exigência das Contribuições para o PIS/PASEP e para a COFINS, nas aquisições, locações e importações de bens e nos serviços, vinculadas ao projeto de Infraestrutura aprovado, realizadas no período de cinco anos contados da data da habilitação de pessoa jurídica, titular do projeto.

Cabe indicar que no último dia 23 de janeiro, o Grupo Interalli já havia anunciado que iniciará a construção do Complexo Fotovoltaico Marangatu, que será instalado em uma área de 2.100 hectares, no  município piauiense de Brasileira. O empreendimento será formado por 18 usinas fotovoltaicas, de modo que o Complexo Marangatu totalizará 540 megawatts (MW) de potência instalada após a conclusão das obras.

As licenças para o novo Complexo de energia limpa foram emitidas pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Piauí (SEMAR) e trazem condicionantes para a emissão da licença de instalação do Complexo Solar. Com a anuência do Governo Estadual, a previsão para início das obras é o segundo semestre de 2019.

Por Francy Teixeira/Meio Norte

E aí, gostou do artigo? Então compartilhe nas suas redes sociais e traga seus amigos, colegas e seguidores para a discussão. Em caso de dúvidas a respeito do assunto, não hesite em deixar seu comentário.

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Mais de Italianismo

Agenda

A Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura promove o webinar sobre sustentabilidade.