Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Destinos

Como viajar para a Itália todos os anos com um baixo orçamento

A Itália pode ser cara, mas com essas dicas de viagem, você pode ir para lá não uma vez, mas sempre que quiser.

viajar para a Itália
Como viajar para a Itália todos os anos com um baixo orçamento | Depositphotos

Para muitos, a chave para uma vida feliz é nunca parar de viajar para a Itália sempre que desejar. Elimine a ideia de que você deve ser rico para realizar seus sonhos.

Em primeiro lugar, você deve viajar para a Itália na baixa temporada. Ao viajar para a bota entre novembro e abril, você maximiza a economia geral e sua viagem custará até 40% menos do que na alta temporada, de maio a outubro.

Outra vantagem? Em cidades maiores, onde os meses de verão tendem a ser um congestionamento de turistas amontoados em pequenas ruas medievais, os nervos dos residentes locais podem, compreensivelmente, ficar à flor da pele. 

Os moradores são muito mais amigáveis ​​nos meses mais frios, quando a multidão diminui.

Chegando lá

Comece seus planos para a Itália selecionando qual região você visitará. Maximize suas economias e minimize seu estresse selecionando uma cidade como sua base. 

É um erro comum em viagens juntar muitas cidades em uma viagem curta. Seu tempo na Itália será muito mais significativo quando você ficar em um lugar durante a sua visita, com passeios de um dia cuidadosamente planejados e acessíveis. 

Um ritmo mais relaxado também significa que é menos provável que você faça compras não planejadas por conveniência simplesmente porque está cansado ou estressado. Suponha que você retornará à Itália repetidamente. 

Depois de selecionar seu destino, crie um alerta de pesquisa gratuito usando a engenhosa ferramenta de voo do Google Flights que fornece alertas em tempo real. Depois de inserir suas cidades e datas preferidas, o Google Flights envia um e-mail para você no momento em que o preço do voo dos seus sonhos cai.

Outra ferramenta importante é o Going, anteriormente conhecido como Scotts Cheap Flights. Embora os assinantes pagos economizem mais usando este serviço, até mesmo a versão gratuita de “ofertas básicas” pode ser um recurso excelente; para saber mais sobre ofertas premium e “tarifas erradas”, inscreva-se no teste gratuito de 14 dias e continue apenas se quiser. Até o momento, sua assinatura custa US$ 39 por ano.

Catedral de Santa Maria del Fiore, o Duomo de Florença, Na Toscana | Triff/Shutterstock

As tarifas aéreas mais baratas também podem ser encontradas nos sites totalmente gratuito Fare Compare ou SkyScanner, que revelam padrões de economia pouco conhecidos, incluindo quais datas específicas serão mais baratas para voar com doze meses de antecedência.

Como se locomover

Esqueça alugar um carro. Para férias sem preocupações, use o sistema ferroviário italiano: seguro, limpo e simples para explorar il bel paese. Esteja você explorando cidades menores em torno de sua base de operações ou viajando por todo o país em um trem rápido “Frecciarossa”, o viajante realmente preocupado com o orçamento reconhece um ótimo negócio quando vê um. 

Mantenha os níveis de estresse baixos reservando passagens antes de viajar. O aplicativo Trenitalia fácil de usar também é ótimo em qualquer lugar.

Onde ficar

Conventos e mosteiros são um dos segredos mais bem guardados da hospedagem italiana com desconto. 

Essas casas de hóspedes centenárias são amigáveis ​​e tão limpas quanto você esperaria de um lugar administrado por freiras! Os viajantes não precisam ser religiosos de forma alguma para se hospedar nessas acomodações. Não se assuste ao ver como os quartos são baratos: os preços não representam sua qualidade geral. 

No entanto, algumas casas de hóspedes religiosas podem impor um toque de recolher noturno. Esteja você adormecendo sob tetos góticos de 9 metros com afrescos em Florença, mergulhando na banheira sob um afresco do século XV em Roma, ou desfrutando de vistas panorâmicas da amada cidade de Vivaldi, Veneza, você fará isso por uma fração do que pagaria por um hotel de renome. 

Certifique-se de selecionar acomodações que oferecem café da manhã: você ficará maravilhado com a qualidade de suas frutas frescas e opções de pão fresco e queijo.

O que comer

Comer em restaurantes pode ser absurdamente caro na Itália. Solução rápida: procure uma mercearia italiana ou alimentari.

Embora você possa passar muitas horas felizes nas lojinhas especializadas em comida em sua área – uma lateria vende queijo, um panificio ou forno vende pão e doces e uma enoteca vende vinho local – você encontrará muitos tesouros culinários. 

Experimente a iguaria local! 

Um vinho que custaria mais de R$ 100 no Brasil costuma ser mais barato do que o refrigerante engarrafado na Itália, então use esta rara oportunidade de ser aventureiro e experimentar delícias italianas.

Ver a Itália no período de entressafra permite que você experimente refeições e receitas menos conhecidas que você sentiria falta nos meses mais quentes. Para comida quente e pronta para comer, as pizzarias estilo delicatesse permitem que você faça seleções sazonais e compre por quilo. 

Dica de ouro: quanto mais longe você se afastar dos pontos turísticos, menos caro será o almoço em movimento e a comida será melhor.

Para uma experiência gastronômica acessível durante todo o ano, grandes cidades como Roma, Florença, Milão e Turim possuem um impressionante Mercato Centrale, ou mercado interno coberto. 

Mesmo com o pior tempo, os visitantes podem visitar lojas de salames e embutidos, doces e assados, ​​ou escolher entre uma grande variedade de massas, sopas e especialidades regionais que podem ser consumidas em estilo cafeteria, tudo sob o mesmo teto. 

Esteja pronto para tirar fotos de barracas de frutas e flores artisticamente arranjadas: você está a caminho de um banquete móvel que certamente emocionará todos os seus seguidores do Instagram em casa.

Em vez de gastar $ 15 em um cappuccino perto de grandes atrações turísticas, persiga os residentes locais para ver onde eles pegam sua xícara matinal. 

Observe que os refrigerantes vendidos em um bar ou quiosque de conveniência podem custar até US $ 10; você pode comprar uma única garrafa no supermercado por uma fração desse preço. 

A maioria dos alojamentos disponibiliza um frigobar para os hóspedes.

Leve com você uma pequena garrafa de água. Você não precisa pagar até 5 euros em uma garrafa de água. 

Observe onde os locais enchem sua garrafa. E antes mesmo de perguntar se a água é segura para beber na Itália, lembre-se: são essas pessoas que trouxeram os aquedutos para você! 

O que comprar

Se você insiste em comprar lembrancinhas para as pessoas, compre no mercadinho. Sabonetes sofisticados e lindamente embalados, costumam ser vendidos por menos de 2 euros em lojas comuns onde as famílias italianas compram. 

Melhor ainda, encontre uma farmácia, marcada universalmente na rua com uma cruz de neon verde, e experimente produtos de higiene italianos como pasta de dente, perfumes e cremes faciais, tudo por 1/10 do que você pagaria por esses itens, considerados luxos , no Brasil. 

Navegue pelas lojas de souvenirs e artigos de luxo para ter uma experiência, não para comprar. Para encontrar itens de papelaria exclusivos indisponíveis fora da Itália, visite uma loja de materiais de arte. 

Compre cartões-postais em livrarias para pagar menos da metade do que é cobrado em áreas muito turísticas. Se você decidir fazer alarde com um objeto artesanal, inspecione-o cuidadosamente para ter certeza de que é realmente feito na Itália ou baixe este aplicativo, projetado especificamente para ajudar a proteger os consumidores contra produtos falsificados.

Viagem fora de temporada

Outro ótimo motivo para visitar a Itália fora da temporada? De outubro a março, o Ministério da Cultura italiano oferece entrada gratuita a todos no primeiro domingo de cada mês. Quanto mais cedo você chegar no dia, menos lotado. 

Mesmo se você não estiver viajando nessas datas, as famílias com crianças ainda podem economizar, pois crianças menores de 18 anos têm entrada gratuita nos museus regionais a qualquer momento, apresentando seus passaportes. 

Guardar na memória é o que mais importa quando se viaja. Resolva voltar para a Itália de novo e de novo.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Destaque do Editor

A transmissão da cidadania italiana jure sanguinis pode ser comprovada por qualquer meio, diz a Corte de Cassação da Itália

Cotidiano

Prefeito perde batalha contra ítalo-brasileiros: A lei falou mais alto. Parece que o jogo virou, não é mesmo, senhor prefeito?

Cidadania Italiana

Cidadania italiana irregular: 92 cidades da província de Nápoles entram em investigação.

Cidadania Italiana

Silmara Fabotti, líder de esquema de cidadania italiana falsa, planejava fugir da Itália, relata juiz.

Cidadania Italiana

Descaso com o Codice Fiscale: Conselheiro do CGIE denuncia "Gaming the System" nos consulados.

Cidadania Italiana

A crescente diáspora italiana: Migração em massa em busca de melhores oportunidades e realização pessoal.

Itália no Brasil

Um voo histórico de solidariedade: A ajuda humanitária da Itália ao Rio Grande do Sul.

Cidadania Italiana

Investigação revela esquema de corrupção envolvendo falsos certificados de residência em troca de dinheiro e favores sexuais.

Cidadania Italiana

Rodrigo Faro se defende de acusações de envolvimento em esquema de falsificação de documentos para cidadania italiana

Cidadania Italiana

Apresentador de TV, empresários e jogadores de futebol têm processos de cidadania italiana cancelados na região de Nápoles.

Itália no Brasil

Diante do público cada vez maior, desafio é garantir boa estrutura para atender bem os visitantes.

Cidadania Italiana

Suspensão temporária das audiências durante o período eleitoral e possível greve dos juízes afeta ítalo-brasileiros.