Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Esporte

CEO da Inter alerta para risco de falência do futebol italiano

Em longa entrevista ao Il Sole 24 Ore, Giuseppe Marotta disse que governo abandonou os clubes

falência do futebol italiano
CEO da Inter alerta para risco de falência do futebol italiano | Beinsports

O CEO do Inter de Milão, Giuseppe Marotta, deixou nesta quarta-feira (26) um alerta para as entidades estatais italianas, advertindo para a iminência da falência da Serie A e das estruturas do futebol profissional.

Marotta declarou, em entrevista ao Il Sole 24 Ore, que “todo o futebol italiano corre o risco de insolvência”. “O Governo e as instituições políticas não podem ignorar a realidade. É todo o sistema à beira do abismo, uma realidade que já existia antes da covid e que não mereceu a devida atenção e apoio ao longo dos últimos dois anos”, denunciou o dirigente “interista”.

No início de janeiro, os clubes da Liga italiana concordaram, unanimemente, em reduzir a capacidade dos estádios para cinco mil espectadores durante duas jornadas, como forma de ajudar a baixar a curva dos casos de covid-19, situação que Marotta quer reverter, esperando que os clubes possam aumentar as receitas.

Recorde-se que Itália foi, no início da pandemia, o país europeu mais afetado, tendo fechado os estádios no início de 2020, mantendo, posteriormente, até 50% da capacidade das arenas, restrições aliviadas de acordo com a evolução da situação no país e na Europa.

“A presença de público com máscaras FFP2, certificados e capacidade reduzida até 50% em equipamentos ao ar livre é segura. A redução para cinco mil espectadores, com grande sacrifício dos clubes, é a prova de que a situação é encarada com máxima responsabilidade”, sublinhou, estabelecendo um paralelo com outras ligas.

Se França está na iminência de abrir as portas dos estádios sem restrições, a exemplo do que sucede já na Inglaterra, fará algum sentido que na Itália continue uma política tão restritiva?”, questionou.

Sobre o populismo excessivo em relação ao mundo do futebol, Marotta explicou: “O futebol continua a ser visto como um mundo de dirigentes ricos e estúpidos que desperdiçam dinheiro por mero prazer”. “Lutamos para merecermos o reconhecimento pelo que realmente representamos e não aceitamos que o futebol profissional não seja encarado como qualquer outra indústria”, disseMarotta.

200

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Série

Rádio e TV italiana

Siga o Italianismo

Destaques do editor

Cotidiano

Rafaela Pimenta tocará a empresa do italiano a partir de agora

Esporte

Radu falha, Inter de Milão leva virada do Bologna, e Milan encaminha o título do Italiano

Cotidiano

Uma delas tem o design da bola usada na Copa do Mundo de 1978

Esporte

Campeões europeus, italianos estão eliminados do Mundial pela segunda edição seguida

Itália no Brasil

AlmavivA aguarda assembleia de conselheiros para efetuar compra de 90% do Juventus, time de futebol tradicional de SP

Esporte

Conquista do Brasileirão pelo Atlético-MG ganha destaque nos principais meios de comunicação da Itália

Esporte

Dez seleções que terminaram em segundo lugar disputarão a repescagem em março do ano que vem

Esporte

Os grandes clubes da Itália que já foram rebaixados para a segunda divisão do Campeonato Italiano

Esporte

Favorita contra a Suíça, a Itália ainda não perdeu em 4 jogos e soma 10 pontos.

Cotidiano

Autoridades buscam alternativas para estimular o público. Principalmente os Antivax

Esporte

Campeão europeu pelo Chelsea e pela seleção italiana, Jorginho é cotado para ficar com o prêmio Bola de Ouro

Esporte

Azurra busca coroar trabalho de reconstrução com bicampeonato da Eurocopa, enquanto seleção inglesa quer título inédito do torneio