Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Arte & Cultura

A história de Pinóquio, o menino italiano muito travesso

O menino que nasce de um boneco de madeira com um nariz que cresce quando mente

história de pinóquio
A história de Pinóquio, o menino italiano muito travesso

Uma das fábulas mais famosas surgidas na Itália é a história de Pinóquio. O menino que nasce de um boneco de madeira com um nariz que cresce quando mente.

Esse personagem célebre da literatura infanto-juvenil nasceu da imaginação do jornalista e escritor Carlo Lorenzini, que usou o pseudônimo de Carlos Collodi, em homenagem à cidade de origem de sua mãe. Ele nasceu em Florença em 1826 e morreu na mesma cidade em 1890.

A história conta que o pai de Pinóquio é o pobre artesão Gepeto, que vive na região da Toscana, e sua mãe é a Fada Azul, uma menina de cabelos azuis que, em uma bela noite, resolve dar vida ao boneco.

Gepeto morava sozinho rodeado de belas peças de madeira, que fazia pacientemente à mão. Vivia do pouco dinheiro que conseguia com a venda das suas obras.

Filho de madeira

O pobre artesão sonhava em ter um filho e uma noite imaginou um boneco de madeira que iria construir. O boneco seria o seu filho de madeira.

Levantou cedo e escolheu cuidadosamente o material para fazer o boneco. Quando terminou, olhou com orgulho para seu trabalho e pensou: “Que bom se esse boneco de madeira fosse real e pudesse viver comigo”.

A Fada Azul, ouvindo o desejo de Gepeto, e considerando que ele merecia a felicidade de ver aquele boneco transformado no filho que tanto desejava, resolve dar vida ao boneco.

As aventuras de Pinóquio

Dali em diante, Pinóquio passa por diversas aventuras, que testam sua lealdade e honestidade. São valores que ele tem que aprender para se tornar um menino de verdade.

No livro original, Pinóquio era um menino muito desobediente e um pouco egoísta, mas o tempo muda tudo. A adaptação ao cinema feita pela Walt Disney imortalizou, num filme em desenho animado, esta personagem.

Assim, adaptando a personagem aos dias atuais, Pinóquio hoje é um menino que faz muitas travessuras e vive muitas aventuras, mas é meigo e ingênuo.

Pinóquio feito em madeira e vendido nas lojas de Florença, na Toscana

A dedicação do pai

Gepeto tratou Pinocchio (em italiano) como se fosse um filho. Logo que pôde mandou o menino para a escola. Queria que Pinóquio, tal como acontecia com os outros meninos, aprendesse a ler e escrever. No caminho da casa para a escola e da escola para casa, Pinocchio vive grandes aventuras.

Collodi descreve Gepeto como um pai de grande dedicação pelo seu filho. Conta que Gepeto, não tendo dinheiro suficiente, vende o seu único casaco para poder comprar um a Pinóquio.

O nariz de Pinóquio

A figura de Pinóquio é inconfundível, mas o que melhor conhecemos é o seu nariz, que cresce com as mentiras. Collodi pretendia mostrar que muitas crianças dizem pequenas mentiras para se desculparem, fruto da sua fértil imaginação.

Por outro lado, a história do boneco que vira um pequeno rapaz também mostra a dificuldade de os pais educarem seus filhos, tal como marionetes podem difíceis de “manobrar”.

As travessuras do crescidos

Talvez a característica de crescimento do nariz e a transformação em boneco de madeira se pudesse aplicar a todos os crescidos que, com responsabilidades inerentes aos papeis que desempenham na sociedade, dizem mentiras que afetam a vida dos outros.

Seria curioso encontrar na rua ou em outras ocasiões públicas pessoas de grande nariz ou com o nariz crescendo ao dizerem mentiras.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Estilo de vida

Por que não adotar o sobrenome do seu marido na Itália: Entenda os motivos.

Cotidiano

Pontremoli lança programa “Residentes do Futuro” para estimular novos moradores.

Cidadania Italiana

Congresso terá presença de figuras relevantes do judiciário italiano, do Ministério do Interior e da Procuradoria Geral do Estado

Comer e beber

Verdade ou mito: Os italianos realmente comem pasta todos os dias?

Cidadania Italiana

Da Itália à Espanha: A jornada de Riccardo Consoli em busca de um futuro mais acolhedor.

Cidadania Italiana

Brasil destaca-se como o 4º país com mais cidadãos adquirindo nacionalidade italiana.

Turismo

Iniciativa conta com 28 municípios divididos em 10 regiões

Cidadania Italiana

O ius soli é um problema falso, não é necessário: os números desconstroem a narrativa da esquerda, segundo jornalista.

Cotidiano

Enel mancha a reputação italiana no Brasil devido a constantes falhas no fornecimento de energia em São Paulo

Cotidiano

Porta critica atuação governamental na demora e ineficácia das negociações do Acordo de Conversão de CNH entre o Brasil e a Itália

Variedades

A idade média em que os italianos se tornam pais tem aumentado ao longo dos anos.

Economia

Tesla explora potencial da fabricação de veículos elétricos na Itália: Caminhões e vans na pauta, dizem jornais