Connect with us

Hi, what are you looking for?

Negócios

Itália contabiliza milhares de vagas de trabalho vazias. Em Milão há 73 mil

Estudo mostrou que há milhares de vagas no país que não despertam interesse dos trabalhadores 

A Itália convive há mais de meia década com taxas de desemprego acima dos 10%, mas um estudo divulgado na semana passada mostrou que há milhares de vagas no país que não despertam interesse dos trabalhadores.

O levantamento foi feito pela União das Câmaras de Comércio da Itália (Unioncamere) e revela que os restaurantes abriram 11 mil vagas para garçons em janeiro, mas que 23% desses postos permanecem vazios.

Outras categorias de trabalhos braçais ou que exigem menos qualificação também convivem com déficit de mão de obra. Entre os ajudantes de cozinha, esse índice é de 42%; entre os representantes de vendas, 51%; para os pizzaiolos, 97%.

Apenas em Milão, há cerca de 73 mil vagas abertas. Na outra ponta do mercado de trabalho, a Confederação Geral da Indústria Italiana (Confindustria) estima que o país abrirá 200 mil postos nas posições mais qualificadas no triênio 2019-2021, mas que um terço deles corre o risco de ficar vazio devido à falta de talentos.

Isso faz com que muitas empresas recorram à mão de obra estrangeira. Os setores mais afetados serão os de tecnologia da informação, mecânica, têxtil, alimentar, químico e moveleiro, alguns dos principais motores do “made in Italy”.   

Recentemente, o governo italiano aprovou a criação da renda de cidadania, programa social que prevê o pagamento de bolsas mensais para a população de baixa renda, com a contrapartida de que os beneficiários não recusem três ofertas de trabalho seguidas nos centros de emprego espalhados pelo país.

O projeto entrará em vigor em abril e é uma das apostas do governo para reaquecer a economia italiana, que entrou em recessão técnica.

Por Agência Ansa

Deixa o seu comentário:

Publicidade

Facebook

Leia também:

Destinos

Sem turistas, setor deixou de arrecadar cerca de 7,6 bilhões de euros, segundo associação de comerciantes Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Cidade tinha 30 habitantes e perdeu dois durante a pandemia do coronavírus Sars-CoV-2 Deixa o seu comentário:

Cotidiano

Sul baixa a guarda por causa do menor impacto na população. A volta do turismo pode alterar a situação Deixa o seu comentário:

Cozinhas da Itália

Uma região a ser explorada: seja pelos seu monumentos e cidades históricas, sua moda e sua surpreendente gastronomia Deixa o seu comentário: