Siga o Italianismo

Olá, o que deseja procurar?

ItalianismoItalianismo

Estilo de vida

Robô enfermeiro trata doentes com coronavírus na Itália – VÍDEO

Tommy, o “enfermeiro-robô” que ajuda os médicos italianos a lutar contra a Covid-19

Paciente interage com um robô usado para monitoração em ala de infectados pelo novo coronavírus no hospital Circolo em Varese, na Itália | Foto: Flavio Lo Scalzo/Reuters

Não usa máscara, mas continua a ser uma grande ajuda na luta contra o novo coronavírus. Tommy, o “enfermeiro-robô”, é um dos seis novos aparelhos que estão ajudando médicos e enfermeiros a cuidar de pacientes infectados com o SARS-CoV-2 no Hospital Circolo, em Varese, cidade que fica na região norte da Lombardia, o epicentro do surto na Itália.

“É como ter um ‘enfermeiro’ que não corre o risco de ser contaminado”, disse Francesco Dentali, diretor da Unidade de Tratamento Intensivo do hospital.

Tommy e os demais robôs — que medem pouco mais de meio metro de altura — são colocados no quarto e ficam vigiando os pacientes para que os médicos possam concentrar atendimentos nas pessoas com quadros clínicos mais graves.

Ao longo do dia, os robôs monitoram as informações de cada paciente e transmitem para a equipe clínica. Além disso, permitem que o doente possa gravar mensagens que depois podem ser ouvidas ou lidas pelos médicos.

Mas mais importante do que isso, Tommy e os seus colegas permitem que os profissionais de saúde diminuam o contato direto com os pacientes, reduzindo assim o risco de infecção. Na Itália, mais de 6,4 mil médicos, enfermeiros e outros profissionais já foram diagnosticados com o novo coronavírus — 66 morreram infectados, segundo dados da Defesa Civil italiana.

A Itália é o país com mais mortes relacionadas com a covid-19. Segundo dados disponibilizados nesta quarta-feira (1) pelas autoridades italianas,13.155 morreram desde que o vírus foi detectado no país, no fim de janeiro. “Usando as minhas habilidades, a equipe médica pode comunicar com os pacientes sem precisar de um contato direto”, explicou Tommy, o robô, que recebeu o nome do filho de um dos médicos do hospital.

Estas máquinas também contribuem para a diminuição do número de máscaras e de outros materiais de proteção que são usados diariamente. “Hoje em dia estes materiais são um recurso escasso”, contou o médico Gianni Bonelli, diretor do hospital.

Tommy e os seus colegas “enfermeiros” beneficiam ainda do fato de não estarem sujeitos à exaustão. Uma troca rápida de baterias e estão prontos para voltar ao trabalho.

Siga o Italianismo no Instagram

Deixa o seu comentário:

Destaques do editor

Cotidiano

CNH brasileira volta a valer na Itália: novo acordo facilita vida de milhares pessoas

Variedades

Iniciativa quer combater despovoamento de áreas montanhosas.

Variedades

Cidade foi devastada pela erupção do Vesúvio, assim como Pompeia.

Arte & Cultura

Lançado no fim de outubro e exibido em preto e branco, foi o filme que mais faturou com bilheteria na Itália em 2023

Notícias

Grupo de 8 companhias participa de feira de fundição em SP.

Cotidiano

Imperia ocupa 1ª posição de ranking elaborado pelo iLMeteo.it

Turismo

Alta temporada no país vai de junho a setembro.

Arte & Cultura

Exposição 'Life as a Scientist' será aberta no dia 21 de junho.

Cultura

Mostra 'Oltreoceano' ocorre no Salão Negro do Congresso Nacional.

Gastronomia

Referência da gastronomia, TasteAtlas partilha os seus rankings com base na experiência do consumidor.

Esporte

O ítalo-brasileiro assumiu o cargo de técnico da Juventus, firmando um contrato de três temporadas, válido até meados de 2027.

Notícias

Atualmente, 15% da pesquisa colaborativa é realizada por cientistas paulistas e italianos.